Fique atento ao fim do horário de verão - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Fique atento ao fim do horário de verão

À 0 hora deste domingo, dia 18, todos os relógios precisam ser atrasados em uma hora. A mudança pode trazer impacto à rotina das crianças
16/02/2018

Mudanças de horário sempre implicam em alterações na rotina. Com as crianças, não é diferente. É preciso um tempo de adaptação, por exemplo, para adequar o sono e as demais necessidades fisiológicas.

Pensando nisso, pais e cuidadores devem estar atentos com o término do horário de verão, à 0 hora deste domingo, dia 18, quando todos os relógios precisam ser atrasados em uma hora. “O horário de inverno é mais positivo para a nossa rotina, pois com uma hora a mais, a qualidade de sono melhora. As crianças em fase escolar, principalmente as que precisam acordar cedo, são as maiores privilegiadas”, destacou o pediatra do Hospital Pequeno Príncipe, Luiz Renato Valério.

Existem algumas medidas que podem ser tomadas para evitar o impacto da mudança de horário, como tentar dormir mais cedo e antecipar as refeições durante o dia. Apesar disso, a adaptação não deve demorar. “Em no máximo 10 dias, o nosso organismo já está habituado com o novo horário”, aponta o médico.

+ Notícias

18/04/2024

Desenvolvimento do bebê: da gestação ao parto

O vínculo formado, as relações emocionais e os estímulos durante a gravidez fazem parte da Primeiríssima Infância
16/04/2024

COVID-19 e dengue são ameaças à saúde das crianças no Brasil

Primeiro trimestre de 2024 foi marcado pela elevação do número de casos e de mortes provocadas pelas duas doenças
11/04/2024

Renúncia fiscal transforma a vida de crianças e adolescentes

Destinação do Imposto de Renda contribui para a equidade no atendimento em saúde a pacientes vindos de todo o país
08/04/2024

Pronon e Pronas: Pequeno Príncipe contribui com consulta pública

Há dez anos, o Hospital elabora, executa e presta contas de projetos desenvolvidos dentro dos programas
07/04/2024

Dia Mundial da Saúde: “Minha Saúde, Meu Direito”

O Hospital Pequeno Príncipe desenvolve uma série de iniciativas em favor da proteção integral de meninos e meninas
02/04/2024

TDAH e autismo: quais são as semelhanças e diferenças?

A identificação da manifestação dos sintomas é crucial para o diagnóstico e tratamento adequados e individualizados
Ver mais