Família Participante recebe importante apoio via lei de incentivo fiscal - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Família Participante recebe importante apoio via lei de incentivo fiscal

Banco Volkswagen, patrocinador máster do projeto, também contribuirá com a implantação de novos leitos para tratamento de crianças e adolescentes com câncer
12/09/2014

DSC_0092O apoio de empresas de diferentes portes e dos mais variados segmentos de atuação no mercado via leis de incentivo fiscal tem sido de extrema importância para a manutenção dos trabalhos do Complexo Pequeno Príncipe. E por meio de duas delas, o Hospital Pequeno Príncipe recebeu uma importante contribuição do Banco Volkswagen, o maior banco de montadora automobilística do país. A quantia garantirá, por exemplo, a manutenção do programa Família Participante – aprovado pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA) –, do qual é apoiador máster.

Nesta sexta-feira, dia 12, representantes do banco estiveram no Hospital para ratificar esse apoio. A instituição financeira também recebeu uma homenagem como agradecimento ao investimento recebido. O sexto andar do Pequeno Príncipe foi batizado com o nome do Banco Volkswagen. É nesse local onde são realizados os trabalhos de psicologia, educação e cultura, peças fundamentais do projeto Família Participante. Outra placa que registra a contribuição foi descerrada na área de Oncologia, que também receberá recursos.

“No Pequeno Príncipe, alcançamos conquistas muito importantes na assistência em saúde. Temos a capacidade de multiplicar cada real que é investido aqui. Otimizamos os recursos e planejamos o futuro. Acabamos por transformar energia em prol da saúde de crianças e adolescentes”, ressaltou a diretora-executiva do Hospital, Ety Cristina Forte Carneiro. “Investimos em processos, pessoas e pesquisas, que trazem importantes resultados”, acrescentou o diretor-corporativo do Complexo, José Álvaro Carneiro.

O gerente da regional Curitiba do banco, Marco Antonio de Lima Sousa, salientou a importância e o trabalho de qualidade do Pequeno Príncipe, que levou a organização financeira a apoiar a instituição de saúde. “O Banco Volkswagen tem como objetivo usar todos os recursos possíveis de isenção fiscal em benefício de entidades filantrópicas. As atividades desenvolvidas pelo Hospital – dos pontos de vista das crianças e da captação de recursos – foi fundamental para que pudéssemos acreditar em todo o projeto aqui feito, que é um trabalho realizado não só para Curitiba, mas para o Brasil. Agora o Pequeno Príncipe passa a ser o maior investimento que temos”, explicou.

Também estiveram presentes a analista de marketing do departamento de Marketing & Desenvolvimento de Negócios, Juliana Destro, e o gestor de unidade para serviços administrativos da regional Curitiba, Claudio Augusto Machado.

Sobre o Família Participante
O programa Família Participante foi criado no Hospital Pequeno Príncipe na década de 1990 e tem como meta permitir e fortalecer o vínculo afetivo entre a família e o paciente no decorrer do período de internamento. Durante a permanência no Hospital, os responsáveis pelas crianças e pelos adolescentes recebem orientações sobre saúde, têm direito a quatro refeições diárias e ganham um kit de higiene. Eles também têm acesso a poltronas de descanso, TV, armários, kit sono (travesseiro e edredon), sanitários e boxes para banho. Somente em 2013, 21.844 familiares foram beneficiados pelo projeto. Além deles, 6.862 pacientes participaram das atividades de educação e cultura, e foram realizados 6.092 atendimentos no setor de psicologia, por exemplo.

Maior capacidade para atendimento a pacientes com câncer
O investimento do Banco Volkswagen também contribuirá para a ampliação da capacidade de atendimento a crianças e adolescentes com câncer. Por meio do Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon), serão implantados seis novos leitos comuns e dois para transplante de medula óssea no Centro Oncológico do Hospital Pequeno Príncipe, entre outras aplicações dos recursos na área.

O Pequeno Príncipe é referência nacional no tratamento de tumores sólidos e doenças hematológicas malignas e benignas, além de ser habilitado no Ministério da Saúde como uma Unidade de Alta Complexidade em Oncologia. Somente em 2013, a área registrou 5 mil atendimentos ambulatoriais, 3 mil sessões de quimioterapia e mais de 900 internações. No ano passado, foram feitos 19 transplantes de medula óssea. Em 2014, já foram 29.

Atualmente, o câncer é a principal causa de morte de crianças por motivo de doença no Brasil. A cada ano, são diagnosticados 12 mil novos casos da enfermidade no país.

+ Notícias

07/12/2022

5 dicas para manter uma alimentação saudável nas férias

O Hospital Pequeno Príncipe relembra a importância de cuidar de alguns hábitos nesta época do ano
06/12/2022

Espetáculo de Natal vai alterar o trânsito no entorno do Hospital

As apresentações do “Papai Noel na Sumiçolândia” acontecerão nos dias 9, 10 e 11 de dezembro, às 21h, na fachada histórica da instituição
05/12/2022

Serviço de Ortopedia do Pequeno Príncipe é referência em tratamento de doenças e síndromes complexas

Em 2021, o serviço realizou 17.249 procedimentos cirúrgicos, além de 13.040 consultas ambulatoriais
02/12/2022

Mitos e verdades sobre convulsões

Distúrbio que provoca grande apreensão nos pais, as convulsões precisam de acompanhamento médico
29/11/2022

Dia de Doar: renúncia fiscal tem potencial de arrecadar até R$ 8 bilhões

Data criada há 20 anos nos Estados Unidos pretende fortalecer cultura de doações no Brasil. Doações via Imposto de Renda podem ser feitas até dia 29 de dezembro
25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
Ver mais