Faculdades Pequeno Príncipe vai oferecer curso de Medicina - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Faculdades Pequeno Príncipe vai oferecer curso de Medicina

Apenas duas instituições de ensino no Brasil receberam autorização para abrir a graduação na área médica. A previsão é de que sejam ofertadas 50 vagas no segundo semestre de 2014
17/03/2014

O Complexo Pequeno Príncipe – formado pelo Hospital Pequeno Príncipe, a Faculdades Pequeno Príncipe e o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe – começou a semana com uma ótima notícia. A Faculdades recebeu autorização para abrir o curso de Medicina, conforme a Portaria nº 170, de 13 de março de 2014. Apenas duas instituições de ensino no Brasil tiveram suas graduações na área médica autorizadas – a outra foi o Centro Universitário Cesmac, em Maceió.

A previsão é de que sejam ofertadas 50 vagas para o curso no segundo semestre de 2014. Para 2015 deverão ser duas turmas, com 50 alunos cada, uma no primeiro e outra no segundo semestre letivo. Ao todo, serão 100 vagas, o total liberado pelo Ministério da Educação (MEC). A portaria com todas as informações sobre a nova graduação será divulgada em breve.

Para a presidente da Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro – que é a mantenedora do Complexo –, Ety Gonçalves Forte, a abertura do curso é a concretização de um sonho. “Somos considerados o berço da medicina pediátrica no Paraná. O ensino em saúde está presente na história institucional desde 1935 e foi fortalecido na década de 1970 com a implantação de nosso Programa de Residência Médica”, afirma. “A abertura do curso de Medicina acontece em um momento muito importante para nós, pois estamos comemorando os dez anos da Faculdades”, completa.

“Esta autorização coroa o trabalho que vem sendo desenvolvido há dez anos pela instituição que nasceu com a missão de produzir e disseminar o conhecimento, visando contribuir para a construção de uma sociedade saudável, cidadã e solidária, alicerçada no humanismo e na reflexão crítica da realidade social”, explica a diretora-geral da Faculdades Pequeno Príncipe, Patricia Maria Forte Rauli. “Temos certeza de que esta será mais uma realização de nossas equipes pelo direito à vida e à medicina de qualidade”, acrescenta.

Ensino de excelência
A Faculdades Pequeno Príncipe oferece atualmente os cursos de Biomedicina, Enfermagem, Farmácia e Psicologia. Também há especializações na área da saúde e os programas de mestrado e doutorado (nota 5 na CAPES; a máxima é 7). Em dez anos, foram mais de 1,3 mil estudantes formados tanto em graduação como em pós-graduação. O ensino é focado na excelência para a formação de profissionais comprometidos com a melhoria das condições de vida da população, com respeito aos princípios éticos, humanos e de solidariedade.

+ Notícias

18/04/2024

Desenvolvimento do bebê: da gestação ao parto

O vínculo formado, as relações emocionais e os estímulos durante a gravidez fazem parte da Primeiríssima Infância
16/04/2024

COVID-19 e dengue são ameaças à saúde das crianças no Brasil

Primeiro trimestre de 2024 foi marcado pela elevação do número de casos e de mortes provocadas pelas duas doenças
11/04/2024

Renúncia fiscal transforma a vida de crianças e adolescentes

Destinação do Imposto de Renda contribui para a equidade no atendimento em saúde a pacientes vindos de todo o país
08/04/2024

Pronon e Pronas: Pequeno Príncipe contribui com consulta pública

Há dez anos, o Hospital elabora, executa e presta contas de projetos desenvolvidos dentro dos programas
07/04/2024

Dia Mundial da Saúde: “Minha Saúde, Meu Direito”

O Hospital Pequeno Príncipe desenvolve uma série de iniciativas em favor da proteção integral de meninos e meninas
02/04/2024

TDAH e autismo: quais são as semelhanças e diferenças?

A identificação da manifestação dos sintomas é crucial para o diagnóstico e tratamento adequados e individualizados
Ver mais