Fábio Giordan: o tio grandão - Hospital Pequeno Principe

Notícias

Fábio Giordan: o tio grandão

Sempre lembrado pelas crianças, Fábio é um entre as centenas de voluntários do Pequeno Príncipe. Sua atuação marca o coração dos pacientes
22/09/2015

– Alô, é do voluntariado?Fabio_Giordan_Fabiele (1)
– É sim, o que você gostaria?
– Eu queria um carrinho para brincar, mas, por favor, quero que o tio grandão me entregue.

Ligações como essa são frequentes no setor de voluntariado do Hospital Pequeno Príncipe. Tamanho carinho, não é em vão. Fábio Giordan faz por merecer. Há quase dois anos na instituição, além de fãs, o voluntário de 2m conquistou diversas experiências responsáveis por mudar seu jeito de ver o mundo.

Fábio começou sua história no Pequeno Príncipe em 2011, quando Anderson Varejão – um astro do basquete – visitou o Hospital. Na ocasião, ele assessorou o encontro e junto com o esportista arrecadou muitos quilos de alimentos em prol da instituição. Fábio nem imaginava, mas três anos depois do ocorrido teria que retornar ao Pequeno Príncipe, mas desta vez o motivo não foi tão legal. Sua filha ficou internada.

Há males que vêm para o bem, diz o ditado. No período de hospitalização, Fábio Giordan participou de várias oficinas promovidas pelo setor de voluntariado do Pequeno Príncipe. “Foi nesses momentos que começou a minha história na instituição. Minha filha deixou o Hospital depois de dez dias, e eu entrei para nunca mais sair”, disse. Depois do ocorrido, Fábio se inscreveu para ser voluntário.

O jaleco amarelo que veste é motivo de orgulho. “Este é o combustível que me move”, declarou. Para ele, ser voluntário é prestar um serviço ao próximo, estender a mão diante das fraquezas. “Nada é tão lindo quanto receber um ‘Deus lhe pague’ de uma criança, essa é a coisa mais pura de se ouvir”, relatou emocionado.

Para as colegas de serviço, o voluntário é um exemplo. “Ele nos auxilia sempre que precisamos, no que precisamos. É um colaborador completo”, disse a psicóloga do Setor de Voluntariado, Mariana Mansur. Já as crianças garantem, Fábio é um sucesso. O tio grandão é sempre solicitado seja para brincar ou apenas conversar. O motivo é simples: Fábio ama o que faz.

+ Notícias

29/11/2021

Nutrição pediátrica em consultório é destaque do Pequeno Príncipe Conhecimento

O assunto foi apresentado em cinco aulas com renomados especialistas na área
26/11/2021

Pequeno Príncipe vai auxiliar em ações estratégicas no Paraná na área de biotecnologia em saúde

Profissional da instituição foi convidada para integrar equipe que vai coordenar iniciativas para os próximos dez anos
26/11/2021

UTI Neonatal completa 30 anos salvando a vida de recém-nascidos complexos

Mais de oito mil bebês de todo o país já foram atendidos pela unidade que é referência para pacientes que precisam de tratamentos intensivos com equipamentos de ponta
23/11/2021

Câncer infantil: apenas 8,8% das crianças têm diagnóstico precoce da doença

Pioneiro no tratamento oncológico infantojuvenil no Paraná, Pequeno Príncipe realizou levantamento com seus pacientes entre 1998 e 2017. Neste Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil, o Hospital reforça a importância do diagnóstico precoce
19/11/2021

Representantes da Embaixada e do Consulado-Geral dos EUA conhecem o Complexo Pequeno Príncipe

Visita faz parte de ação de relacionamento entre a Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro, mantenedora do Pequeno Príncipe, e o Centro Cultural Brasil-Estados Unidos de Curitiba – Inter Americano
19/11/2021

Excesso de telas na infância prejudica desenvolvimento saudável

Especialista do Hospital Pequeno Príncipe alerta sobre os riscos da intoxicação digital infantil e aponta estratégias de prevenção e proteção
Ver mais