Exames de COVID-19 começam a ser realizados em unidade móvel - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Exames de COVID-19 começam a ser realizados em unidade móvel

Parceria entre Pequeno Príncipe, Neodent e Club Athletico Paranaense vai garantir ampliação do número de coletas diárias
12/01/2021

Os exames externos para diagnóstico do coronavírus (COVID-19) em crianças, adolescentes e adultos oferecidos pelo Hospital Pequeno Príncipe serão realizados em um novo endereço a partir desta terça-feira (12/1). A unidade móvel funcionará na Praça Afonso Botelho (em frente à entrada do Estádio Joaquim Américo) e contará com duas salas equipadas para coletar amostras para o teste RT-PCR (Pesquisa Qualitativa de SARS-CoV-2) e também o sorológico.

O novo espaço vai garantir um incremento de cerca de 30% no volume de exames realizados diariamente. Com a expectativa de coletar até 160 amostras por dia, o atendimento só será feito mediante agendamento para evitar filas e garantir mais segurança e comodidade aos pacientes.

A disponibilização da unidade móvel foi possível graças à parceria envolvendo o Hospital, a Neodent e o Club Athletico Paranaense. A empresa odontológica cedeu a carreta do projeto Expedição Novos Sorrisos, que oferecia atendimento voluntário pelo país e que estava parada por causa da pandemia. Já o Athletico cedeu o espaço, além de água, energia elétrica e dados móveis de internet para o funcionamento do novo espaço.

Os exames para detecção da COVID-19 passaram a ser oferecidos em abril de 2020 pelo Pequeno Príncipe e estavam sendo realizados em unidade própria credenciada pelo Lacen. O serviço, disponibilizado nas modalidades convênio e particular, apoia as ações de assistência e filantropia do Pequeno Príncipe. “Nossos colaboradores, por exemplo, em sua maioria, são testados internamente”, explica o diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro Carneiro.

Ainda de acordo com ele, o Hospital tem investido significativamente em áreas diagnósticas nos últimos anos e por isso estava preparado com tecnologia, infraestrutura e equipe especializada em biologia molecular, o que permitiu implantar o processo de análise do RT-PCR rapidamente. “A parceria vai permitir não apenas a ampliação na disponibilidade de exames, mas também um ambiente adequado e confortável para os pacientes”, acrescenta o diretor.

“Contribuir com o Hospital Pequeno Príncipe em uma ação tão nobre e importante para a sociedade é motivo de orgulho e satisfação para nós do Athletico”, afirma Fernando Volpato, Diretor de Operações do Clube.

O Hospital oferece ainda a coleta pelo sistema drive-thru, em domicílio e empresarial. A sorologia, para detecção de anticorpos, é indicada para quem tem sintomas ou suspeita de contágio há pelo menos 14 dias. Já a análise do RT-PCR é recomendada para diagnóstico em fase aguda, e a coleta deve ser feita a partir do terceiro dia de sintomas. Os laudos com os resultados podem ser consultados pela internet, até uma hora depois para o exame sorológico e em até 48 horas após a coleta para o RT-PCR.

Para agendamento e informações sobre operadoras de saúde conveniadas, valores e formas de pagamento, o contato pode ser feito pelo telefone (41) 3310-1131 ou ainda pelo e-mail atendimentolab@hpp.org.br.

+ Notícias

11/04/2024

Renúncia fiscal transforma a vida de crianças e adolescentes

Destinação do Imposto de Renda contribui para a equidade no atendimento em saúde a pacientes vindos de todo o país
08/04/2024

Pronon e Pronas: Pequeno Príncipe contribui com consulta pública

Há dez anos, o Hospital elabora, executa e presta contas de projetos desenvolvidos dentro dos programas
07/04/2024

Dia Mundial da Saúde: “Minha Saúde, Meu Direito”

O Hospital Pequeno Príncipe desenvolve uma série de iniciativas em favor da proteção integral de meninos e meninas
02/04/2024

TDAH e autismo: quais são as semelhanças e diferenças?

A identificação da manifestação dos sintomas é crucial para o diagnóstico e tratamento adequados e individualizados
30/03/2024

Como ajudar a criança ou o adolescente com transtorno bipolar?

Por ser uma doença crônica, que não tem cura, o apoio dos pais, familiares e amigos é essencial
25/03/2024

Sociedade Paranaense de Pediatria: 90 anos em prol da saúde infantojuvenil

Berço da pediatria no Paraná, o Pequeno Príncipe se orgulha da semente plantada naquele 25 de março de 1934
Ver mais