Estrelas participam de jogo em prol da saúde infantojuvenil - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Estrelas participam de jogo em prol da saúde infantojuvenil

Ex-jogadores disputaram uma partida no domingo, no Estádio Major Antônio Couto Pereira, no Torneio Gols pela Vida
09/12/2013

DSC_0403 Uma ação repleta de estrelas vestindo a camisa e jogando em prol da saúde infantojuvenil. Assim foi o Jogo das Estrelas, que encerrou o IV Torneio Gols pela Vida, promovido no último fim de semana. A partida foi realizada no Estádio Major Antônio Couto Pereira, na tarde de domingo, dia 8.

O jogo – que foi movimentado e com muitos gols – reuniu em duas equipes ex-atletas profissionais, o time campeão da quarta edição da competição – o da Mondelez International – e os jogadores que se destacaram em cada uma das demais equipes. O Time Azul foi liderado por Marcelo Lipatin (ex-Coritiba e Grêmio) e o Time Amarelo por Paulo Rink (ex-Atlético Paranaense). O placar final foi 8 a 5 para os azuis.

Durante a tarde de domingo, diversos jogadores ressaltaram a importância do Torneio Gols pela Vida, do qual participam voluntariamente. Um deles foi Paulo Rink. “Participo da ação desde o começo, da primeira edição. O motivo desse jogo é muito nobre e é gostoso ajudar a causa do Pequeno Príncipe. Com o apoio de cada um nesses quatro anos estamos fazendo a diferença”, disse.

“Eu fico muito feliz por estar aqui. Não por ser estrela, mas sim por poder estar ajudando também. São crianças e adolescentes que necessitam do nosso apoio e quanto mais esse evento crescer, mais nós vamos poder auxiliar a essas meninas e meninos”, afirmou Saulo, ex-jogador do Paraná Clube e que foi o maior artilheiro da história do Tricolor. “É muito bom participar, pois tem muitas pessoas precisando de ajuda. A iniciativa é boa para o Pequeno Príncipe e para os pacientes atendidos pela instituição”, completou Adriano Gabiru, ex-Atlético-PR e campeão mundial pelo Internacional.

“A satisfação é imensa de estar podendo ajudar de alguma forma. E todos estão de parabéns por essa iniciativa, por meio da qual muitas crianças e vários adolescentes serão beneficiados com gols pela vida”, declarou Jetson, ex-Coritiba. “Estamos lutando por uma causa que é bacana, que faz parte de um projeto sério. Acho que isso é o mais importante”, acrescentou Reginaldo Araújo, que também atuou pelo Coxa.

Outro jogador que esteve em campo foi Danilo Lanconi Lacerda, que foi campeão mundial com a Seleção Brasileira de Futsal. Foi a segunda vez que ele participou do Jogo das Estrelas. “O Pequeno Príncipe, que é a instituição beneficiada com o evento, é uma referência nacional. Eu me sinto honrado de participar e espero ter contribuído e ajudado muitas crianças e adolescentes”, finalizou.

Confira todas as fotos referentes a sábado na matéria “Fim de semana com muitos gols pela vida”.

 Sobre o torneio
O Torneio Gols pela Vida é uma ação que faz parte do programa que leva o mesmo nome, que tem o apoio do maior jogador de futebol de todos os tempos, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé. Faz parte de uma plataforma de arrecadação de recursos para o Instituto Pelé Pequeno Príncipe, cujas pesquisas são voltadas a aumentar o índice de cura de doenças complexas da infância e da adolescência.

O torneio é realizado pelo Complexo Pequeno Príncipe, com organização da W3 Publicidade, Design & Vídeo e da Worldwide Football. A quarta edição contou com o apoio do Coritiba Foot Ball Club, do Projeto Coritiba Retribui, do CT Barcelos e da empresa Cini.

+ Notícias

07/12/2022

5 dicas para manter uma alimentação saudável nas férias

O Hospital Pequeno Príncipe relembra a importância de cuidar de alguns hábitos nesta época do ano
06/12/2022

Espetáculo de Natal vai alterar o trânsito no entorno do Hospital

As apresentações do “Papai Noel na Sumiçolândia” acontecerão nos dias 9, 10 e 11 de dezembro, às 21h, na fachada histórica da instituição
05/12/2022

Serviço de Ortopedia do Pequeno Príncipe é referência em tratamento de doenças e síndromes complexas

Em 2021, o serviço realizou 17.249 procedimentos cirúrgicos, além de 13.040 consultas ambulatoriais
02/12/2022

Mitos e verdades sobre convulsões

Distúrbio que provoca grande apreensão nos pais, as convulsões precisam de acompanhamento médico
29/11/2022

Dia de Doar: renúncia fiscal tem potencial de arrecadar até R$ 8 bilhões

Data criada há 20 anos nos Estados Unidos pretende fortalecer cultura de doações no Brasil. Doações via Imposto de Renda podem ser feitas até dia 29 de dezembro
25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
Ver mais