Hidrocefalia: entenda o que é

Notícias

Entenda o que é a hidrocefalia

A doença neurológica, ocasionada por acúmulo de líquido dentro do crânio, pode ser identificada já no período intrauterino
31/08/2022
hidrocefalia
O diagnóstico precoce da hidrocefalia contribui para evitar danos neurológicos e piora do prognóstico.

 

A hidrocefalia tem grande incidência em crianças, sendo a doença mais frequente entre os problemas relacionados ao sistema nervoso central (SNC). Trata-se de uma enfermidade neurológica causada pelo acúmulo de líquido nos ventrículos cerebrais, chamado de liquor ou líquido cefalorraquidiano (LCR).

O acúmulo de líquido no cérebro pode ser causado pela obstrução do fluxo liquórico dentro do sistema ventricular, por dificuldade de absorção ou ainda por hiperprodução de LCR, levando ao aumento da pressão intracraniana e à deterioração neurológica.

A hidrocefalia pode ser causada por malformações cerebrais, como a mielomeningocele, ou de forma secundária, pela presença de tumores cerebrais, além de infecções como meningites e também após hemorragias cerebrais em bebês, que acontecem principalmente em prematuros.

“Embora seja mais comum em crianças, o problema se manifesta também em adultos, geralmente após o surgimento de tumores ou hemorragias cerebrais”, explica o neurocirurgião e chefe do Serviço de Neurocirurgia Pediátrica do Hospital Pequeno Príncipe, Adriano Keijiro Maeda.

Diagnóstico

O diagnóstico precoce da hidrocefalia contribui para evitar danos neurológicos e piora do prognóstico, e pode ser realizado já no período intrauterino por meio de ecografia obstétrica. Em bebês, é possível realizar uma ecografia cerebral através da fontanela (moleira). De acordo com o neurocirurgião, pode-se obter um diagnóstico ainda mais preciso com a realização de tomografia e ressonância magnética do crânio, principalmente em crianças maiores.

Tratamento da hidrocefalia 

Os casos de hidrocefalia necessitam de procedimento cirúrgico. São utilizados drenos (derivações ventriculoperitoneais), um aparelho que faz a drenagem do LCR dos ventrículos dilatados até o abdome, onde é absorvido. Também pode ser aplicada a técnica de neuroendoscopia, uma cirurgia chamada de terceiro ventriculostomia endoscópica (TVE), que se baseia na abertura do assoalho do terceiro ventrículo, restabelecendo a drenagem normal do liquor dentro do cérebro.

As crianças com hidrocefalia necessitam de atendimento multiprofissional com neurocirurgião e neuropediatra, além do acompanhamento de outras especialidades como a ortopedia. O neurocirurgião do Pequeno Príncipe indica ainda o suporte de terapias como fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional. A assistência ambulatorial a pacientes com DVP também inclui exames regulares para acompanhar o funcionamento do dreno.

Serviço de Neurocirurgia

O Serviço de Neurocirurgia Pediátrica do Hospital Pequeno Príncipe tem mais de 50 anos no tratamento de doenças neurológicas em crianças. O diferencial do serviço é o atendimento às crianças e adolescentes nas diversidades especialidades pediátricas, com assistência multiprofissional. O investimento em tecnologia, aliado ao trabalho especializado da equipe, tornou esse serviço pediátrico referência em todo o país.

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – Facebook, InstagramTwitterLinkedInYouTube

+ Notícias

08/02/2023

Gravidez na adolescência: a prevenção começa com educação e diálogo

Um ambiente acolhedor e de confiança é fundamental para o desenvolvimento saudável de meninos e meninas  
07/02/2023

Nota de pesar pelo falecimento do pediatra Danilo Cerqueira Leite Junior

O médico, com mais de 50 de formação, atuou no Pequeno Príncipe e contribuiu com cuidados a milhares de crianças e adolescentes que passaram pelo Hospital nas últimas décadas
06/02/2023

ALTA COMPLEXIDADE | Serviço de Cirurgia Vascular

O Hospital Pequeno Príncipe tem equipe especializada no tratamento de doenças do sistema circulatório em crianças e adolescentes
03/02/2023

Gravidez na adolescência: quais são os riscos?

A gestação nessa fase, que compreende dos 10 aos 19 anos, gera uma série de consequências para a vida da mãe e do bebê
01/02/2023

Volta às aulas e a imunização de crianças e adolescentes

As medidas de higiene das mãos, etiqueta ao tossir e uso de máscara também auxiliam a evitar a disseminação de doenças
27/01/2023

Hanseníase: atenção aos sinais e sintomas auxilia diagnóstico

Neste Dia Mundial de Combate à Hanseníase, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância de se buscar os serviços de saúde logo no aparecimento dos primeiros sinais e lembra que a doença tem cura
Ver mais