A energia do futebol usada para o bem fora de campo - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

A energia do futebol usada para o bem fora de campo

Representantes da Tottenham Hotspur Foundation, do British Council e do Clube Atlético Paranaense visitaram o Pequeno Príncipe nesta semana. Importância da responsabilidade social ligada ao esporte foi reforçada
21/02/2014

DSC_0126A importância das práticas de responsabilidade social corporativa que são ligadas ao esporte foi evidenciada, nesta semana, no Hospital Pequeno Príncipe. Foi durante a visita de representantes da Tottenham Hotspur Foundation, do renomado clube de futebol inglês; do British Council, organização internacional do Reino Unido, e do Clube Atlético Paranaense.
Na ocasião foram trocadas informações e experiências vividas nas diferentes organizações. Também ficaram evidenciados os valores comuns entre as entidades ligadas ao esporte e o Complexo Pequeno Príncipe, que atua na área da saúde infantojuvenil: o esporte, a saúde, a educação e a inclusão social.

O diretor-corporativo do Complexo, José Álvaro Carneiro, destacou a relevância dos trabalhos desenvolvidos, por exemplo, pela Tottenham Hotspur Foundation e pelo British Council, por meio do programa Premier Skills English, em parceria com a Barclays Premier League, a liga inglesa de futebol (equivalente à primeira divisão do Campeonato Brasileiro).

“As atividades promovidas por essas organizações deixaram de ser ações de marketing. São condições existenciais de um clube, o Tottenham, que tem uma fundação com o maior orçamento para responsabilidade social entre os clubes ingleses e que mantém relações com a comunidade e seus torcedores. E também da liga mais importante do futebol da Inglaterra, que é a que arrecada a maior quantidade de recursos para essas práticas”, explicou Carneiro.

“Com essa visita percebemos que temos muito a aprender com eles na questão extracampo. E constatamos, também, que o Programa Gols pela Vida, que busca recursos para o desenvolvimento de pesquisas na área da saúde infantojuvenil, está no caminho certo. Isso porque articulamos parcerias que utilizam a energia do futebol para fazer coisas boas fora do gramado”, completou o diretor-corporativo.

Ações extracampo para transformar vidas
A Tottenham Hotspur Foundation desenvolve atividades que visam proporcionar o melhor no que é relacionado aos esportes, saúde e programas educacionais. O objetivo é criar – por meio do uso do futebol e com o apoio de diversos parceiros – oportunidades que podem mudar a vida de crianças grupos e indivíduos dentro das comunidades. São estimuladas a inovação, a promoção social e o aperfeiçoamento de habilidades.

Já o British Council é uma organização internacional do Reino Unido que visa estreitar as relações culturais e colocar em prática projetos educacionais. Atua em mais de 100 países. Com o Brasil, promove cooperação nas áreas do esporte, da língua inglesa, das artes e da educação. Junto com a Barclays Premier League oferece o Premier Skills English, no qual é possível aprender inglês on-line gratuitamente, por meio de um site na internet. Na página, pode-se exercitar a leitura, praticar o idioma jogando games e assistir a vídeos, por exemplo. Sempre com o conteúdo ligado ao futebol.

O Atlético, por sua vez, oficializou, nesta semana, uma parceria entre a Escola Furacão e a Tottenham Hotspur Foundation. No acordo de cooperação – que é relacionado ao Premier Skills English –, a fundação inglesa vai auxiliar os projetos sociais do clube paranaense.

Sobre o Gols pela Vida
O Programa Gols pela Vida é uma rede internacional de fortalecimento de pesquisa e também uma plataforma para captação de recursos para o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe. O Instituto, que tem como padrinho o maior jogador de todos os tempos, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, desenvolve estudos que visam à diminuição da mortalidade infantojuvenil. Dentre os projetos que fazem parte dele estão o Torneio Gols pela Vida, o Projeto Medalhas e a Copa Gastronômica.

+ Notícias

23/05/2022

Voluntários do Pequeno Príncipe retornam às atividades presenciais

A retomada foi possível com todos os cuidados que o momento de pandemia do coronavírus ainda exige
19/05/2022

Representantes do CEDCA visitam o Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe

A unidade, que foi reestruturada, atende a diferentes tipos de deficiências de forma integral e humanizada
18/05/2022

Em um ano, Hospital atende mais de 600 crianças e adolescentes vítimas de violência

Em comparação com o ano anterior, o aumento de casos foi de 11%; mais da metade das ocorrências aconteceu na residência da própria criança
17/05/2022

Pequeno Príncipe inicia campanha televisiva para captação de recursos

A iniciativa busca dar mais visibilidade para a causa da saúde infantojuvenil, além de contribuir para a sustentabilidade econômico-financeira da instituição
16/05/2022

Atualização do calendário vacinal pode prevenir casos de SRAG no público infantojuvenil

Diversas doenças respiratórias podem evoluir para a síndrome aguda grave. O Pequeno Príncipe alerta que as medidas de prevenção, como a imunização, precisam ser mantidas
15/05/2022

Sintomas da mucopolissacaridose aparecem na primeira infância

A doença rara é genética e neurodegenerativa, que evolui com sintomas multissistêmicos
Ver mais