Em celebração histórica, Pequeno Príncipe entrega certificados de conclusão dos programas de residência e especialização médica de 2019 - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Em celebração histórica, Pequeno Príncipe entrega certificados de conclusão dos programas de residência e especialização médica de 2019

Esta turma foi ainda mais especial, pois os profissionais concluíram a sua formação no ano em que a instituição comemorou o centenário de amor à saúde infantojuvenil
02/03/2020

Realização e felicidade tomaram conta da formatura de conclusão dos programas de residência e especialização médica de 2019 do Pequeno Príncipe. O evento, realizado na Associação Médica do Paraná na última sexta-feira, dia 28, reuniu profissionais de saúde do Hospital, autoridades da área médica, além de familiares e amigos dos formandos.

Esta celebração foi ainda mais especial, pois os 61 formandos concluíram a sua formação profissional no ano em que o Hospital completou um século de história de amor à saúde infantojuvenil. “Tenho certeza de que vocês foram preparados para enfrentar qualquer situação em uma instituição de referência, que conta com mais de 32 especialidades, ao lado do conhecimento ímpar dos nossos preceptores e, mais ainda, embalado em uma cultura de fazer melhor e com qualidade. Tenho muito orgulho de vocês. Agora, cada um tem o sobrenome do Pequeno Príncipe”, parabenizou o diretor técnico do Hospital Pequeno Príncipe, Donizetti Giamberardino Filho, que também representou a presidente da Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro, Ety Gonçalves Forte.

Os programas de Residência e os Cursos de Especialidades em Doenças da Criança e do Adolescente do Pequeno Príncipe estão entre os mais concorridos do Brasil. Eles têm como objetivo aprimorar a formação profissional de jovens médicos, tendo como base a excelência técnico-científica, humanização no cuidado, equidade e inovação na assistência, que são alguns dos princípios que norteiam o trabalho do Hospital referência no atendimento infantojuvenil.

A solenidade de formatura foi de extrema gratidão tanto por parte dos residentes, que têm orgulho de fazer parte de uma história centenária, quanto por parte da coordenação dos programas de Residência Médica do Pequeno Príncipe. “Lembro que medicina é manter, acima de tudo, a boa relação com o seu paciente.  Busquem em todas as desilusões passadas, presentes e futuras as ferramentas que lhe ajudaram no polimento da sensibilidade, atributo mais do que desejável na nossa profissão e tão distante nos dias de hoje. Pode-se até subestimar a enfermidade, mas nunca o enfermo. Olhem primeiro a pessoa, depois o seu mal. Demonstrem ética e sensibilidade. Aliás, ética e sensibilidade juntas podem mudar o rumo de uma vida”, enfatizou o coordenador dos programas de Residência Médica em Pediatria do Hospital, Victor Horário de Souza Costa Júnior, que na cerimônia também representou os demais supervisores e preceptores dos programas e a Sociedade Paranaense de Pediatria.

Formação médica
Há 50 anos, o Pequeno Príncipe é reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) para oferecer o Programa de Residência Médica. Berço da Pediatria no Paraná, recebe desde a década de 1930 estudantes de Medicina, quando abriu as portas para os estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade Federal.

Hoje, a instituição oferece seis programas de Residência Médica: Pediatria, Cirurgia Pediátrica, Cancerologia Pediátrica, Ortopedia e Traumatologia, Psiquiatria da Infância e Adolescência e Medicina da Família e Comunidade; e nove cursos de especialização em Saúde da Criança e do Adolescente, sendo nas áreas de Cardiologia Pediátrica, Neurologia Pediátrica, Medicina Intensiva Pediátrica, Neonatalogia, Nefrologia Pediátrica, Gastroenterologia Pediátrica, Nutrologia, Reumatologia e Pneumologia Pediátrica. Além disso, o Pequeno Príncipe desempenha papel fundamental na formação de enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos e outros profissionais da área de saúde.

Confira outros depoimentos durante a solenidade de formatura

“Este é um momento de alegria, de reconhecimento de esforços, de uma grande confraternização. Destaco aqui que nós precisamos olhar sempre para o futuro. Vocês têm um futuro aberto, são donos da sua vida e têm a maravilhosa oportunidade de fazer o que gostam e não há nada melhor do que o reconhecimento de ser útil à sociedade e que está sendo um cidadão de transformação social. Parabéns por mais esta conquista chancelada pelo nome do Pequeno Príncipe.”Diretor Técnico do Hospital Pequeno Príncipe, Donizetti Giamberardino Filho, que também representou a presidente da Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro, Ety Gonçalves Forte.

“Gostaria de deixar uma tarefa a todos vocês. Quero que façam parte de um exército de homens e mulheres que vão se dedicar a aliviar o sofrimento, a confortar, a ouvir e a cuidar. Ser médico exige vocação, talento, inquietação pelo saber, sentimento humanitário e cultivo das virtudes éticas. Convenhamos que são muitas exigências para uma pessoa, mas para um profissional cuja a função social é revestida pelo nobre propósito de promover o bem-estar do ser humano não se deve exigir menos.  O bom médico não é somente aquele que sabe mais, mas aquele que também desperta confiança nos seus pacientes. (…) Desejo-lhes sobriedade ao escreverem a sua história pessoal e profissional. Em nome de todos os preceptores, agradeço por essa oportunidade. Muito obrigado.”Coordenador dos programas de Residência Médica em Pediatria do Hospital, Victor Horário de Souza Costa Júnior, que na cerimônia também representou os demais supervisores e preceptores dos programas e a Sociedade Paranaense de Pediatria.

 

“Cumprimento a todos, especialmente aos responsáveis por essa vitória, os seus mestres, cada professor, preceptor, que repassou o melhor do seu saber a cada um de vocês. Parabenizo a cada um pela vitória, pelo esforço, porque hoje vocês passam a ser detentores de um padrão de qualidade na saúde que este país precisa. Não apenas qualidade técnica, mas tenho absoluta certeza que se formam na melhor escola, que é o Pequeno Príncipe. Parabéns!”Representante do Conselho Regional de Medicina no Paraná, Dr. Luis Ernesto Pujol.

 

“Agradeço o convite de participar dessa importante cerimônia de formatura dos médicos residentes do Hospital Pequeno Príncipe, instituição centenária e exemplo na formação médica e no atendimento da população. A data de hoje é importante por dois motivos. Primeiro, porque vocês estão completando um ciclo na formação profissional e consequentemente ingressando na profissão médica nas diversas especialidades. Segundo, a partir de agora vocês obterão os seus títulos de especialistas outorgados pela Associação Médica Brasileira e a Sociedade de Especialidades nas diversas áreas com registro junto ao Conselho Regional de Medicina e o Conselho Federal de Medicina. Apenas 38% dos médicos que se graduam têm acesso à residência médica e vocês estão entre eles. Felicidades e sucesso.”Representante da Associação Médica do Paraná, Dr. Nerlan Tadeu Gonçalves de Carvalho.



“Em nome da secretária municipal de saúde de Curitiba, Márcia Cecília Huçulak, parabenizamos todos os formandos e suas famílias, que sejam muito felizes em suas jornadas e tenham muito sucesso.”Representante da Secretaria Municipal de Saúde, Oksana Maria Volochtchuk.

“Todos nós fomos abençoados. Abençoados a cada dor que pudermos aliviar ou famílias que pudemos confortar. Abençoados a cada sorriso banguela que vinha naquela rotina, a cada gesto de gratidão dos pais pelo nosso esforço, a cada alta após longo internamento, a cada satisfação pós-operatória e pelos resultados obtidos. Hoje, saímos daqui pessoas melhores do que entramos. Não só tecnicamente, mas transformados por cada vida que tocamos e que nos tocou. Cuidar de crianças é desafiador e gratificante demais!” – Oradora, Mariane Moraes Piscinini.

+ Notícias

07/12/2022

5 dicas para manter uma alimentação saudável nas férias

O Hospital Pequeno Príncipe relembra a importância de cuidar de alguns hábitos nesta época do ano
06/12/2022

Espetáculo de Natal vai alterar o trânsito no entorno do Hospital

As apresentações do “Papai Noel na Sumiçolândia” acontecerão nos dias 9, 10 e 11 de dezembro, às 21h, na fachada histórica da instituição
05/12/2022

Serviço de Ortopedia do Pequeno Príncipe é referência em tratamento de doenças e síndromes complexas

Em 2021, o serviço realizou 17.249 procedimentos cirúrgicos, além de 13.040 consultas ambulatoriais
02/12/2022

Mitos e verdades sobre convulsões

Distúrbio que provoca grande apreensão nos pais, as convulsões precisam de acompanhamento médico
29/11/2022

Dia de Doar: renúncia fiscal tem potencial de arrecadar até R$ 8 bilhões

Data criada há 20 anos nos Estados Unidos pretende fortalecer cultura de doações no Brasil. Doações via Imposto de Renda podem ser feitas até dia 29 de dezembro
25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
Ver mais