Disponível no CEVA, vacina contra a gripe (Influenza) é ainda mais essencial nesta fase crítica da pandemia - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Disponível no CEVA, vacina contra a gripe (Influenza) é ainda mais essencial nesta fase crítica da pandemia

A imunização, necessária anualmente, é fundamental também para evitar o colapso do sistema de saúde
15/04/2021
O CEVA tem a Vacina contra Influenza Quadrivalente e oferece atendimento a todos os públicos.

No início da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, do Ministério da Saúde, que segue até o dia 9 de julho, fica o alerta: a imunização salva vidas. Neste momento de pandemia, ela é fundamental.

A vacina contra a gripe (Influenza) pode ajudar a evitar o colapso no sistema de saúde, que está à beira da sua capacidade máxima devido aos casos de COVID-19. O imunizante deve fazer parte da rotina de toda população anualmente, pois ele é sempre atualizado para garantir a proteção contra novos tipos de cepas (vírus).

As vacinas salvam vidas.

No Centro de Vacinas do Pequeno Príncipe, referência em imunizações há mais de 20 anos, está disponível a Vacina contra Influenza Quadrivalente – que tem quatro cepas contra a Influenza. O CEVA oferece atendimento integral a todas as faixas etárias, de recém-nascidos até idosos. A vacina contra a gripe pode ser realizada a partir dos 6 meses.

Coordenadora do Serviço de Epidemiologia e Controle de Infecção Hospitalar (SECIH), do Serviço de Imunizações do Hospital Pequeno Príncipe e médica responsável pelo CEVA, Heloísa Giamberardino lembra que a vacinação é um ato de cidadania. “Além da autoproteção, contribui na proteção do grupo. A decisão de não se vacinar vai acarretar na redução da imunidade populacional, podendo resultar em surtos devido aos ‘bolsões de infecção’”, completa.

O ato de vacinação é um dos procedimentos mais eficazes na defesa do organismo humano contra agentes bacterianos e virais. “É essencial que a vacinação acompanhe o indivíduo desde o primeiro dia de vida e até de forma intrauterina. É fundamental que persista em cada fase de sua vida, de acordo com orientação médica. A carteira de vacinação precisa estar sempre em dia, mesmo durante a pandemia”, reforça a especialista.

* Para mais informações, acesse a seção SAIBA MAIS SOBRE A VACINA DA GRIPE no site do Centro de Vacinas Pequeno Príncipe.

Coordenadora do Serviço de Epidemiologia e Controle de Infecção Hospitalar (SECIH), do Serviço de Imunizações do Hospital Pequeno Príncipe e médica responsável pelo CEVA, Heloísa Giamberardino lembra que a vacinação é um ato de cidadania.

na Rua Desembargador Motta, 913 – Água Verde

Programe-se
Para quem tem interesse na vacina contra a gripe, o CEVA oferece a possibilidade de atendimento no local (Rua Desembargador Motta, 913 – Água Verde) , sem a necessidade de agendamento prévio: o espaço funciona de segunda a sexta, das 8h às 19h; e aos sábados, das 8h às 18h. Há ainda a imunização domiciliar ou no sistema drive-thru – para mais informações (sobre valores, entre outras questões), basta entrar em contato pelos telefones (41) 3310-1414 | 3310-1141.

+ Notícias

28/05/2024

Como resgatar as brincadeiras tradicionais na era digital?

Neste Dia Mundial do Brincar, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância de equilibrar o tempo de tela com atividades lúdicas
26/05/2024

Centro de Vacinas Pequeno Príncipe: 25 anos de excelência em saúde

Inovação, atendimento integral, atualização contínua, compromisso e capacitação de profissionais marcam um quarto de século da unidade
22/05/2024

Qual é a importância do vínculo afetivo na Primeiríssima Infância?

A ligação entre a criança e seus cuidadores se estabelece ainda na gravidez e se estende por um longo caminho após o nascimento
18/05/2024

Aumentam registros de violência contra crianças e adolescentes

Nas últimas duas décadas, foram mais de nove mil pacientes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe por maus-tratos; violência sexual predomina
17/05/2024

Pequeno Príncipe mobilizado pelo Rio Grande do Sul

Iniciativas vão desde teleconsultas a crianças e adolescentes em parceria com hospital gaúcho até mobilização de profissionais
15/05/2024

Como falar sobre as enchentes com as crianças?

Hospital Pequeno Príncipe destaca a importância de agir com sensibilidade e estar atento aos sinais de sofrimento manifestados pelos pequenos
Ver mais