Diabetes na infância: como garantir uma vida com qualidade?

Notícias

Diabetes na infância: como garantir uma vida com qualidade?

Alimentação balanceada, prática regular de exercícios físicos e acompanhamento médico periódico são essenciais
14/11/2022
diabetes na infância
Os avanços na medicina facilitam a adesão ao tratamento do diabetes na infância.

O diabetes mais comum em crianças é o tipo 1, quando o pâncreas não consegue mais produzir a insulina. Um levantamento feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que uma em cada oito mil crianças tem esse tipo de doença, que ainda não tem cura e precisa ser tratada com a reposição de insulina. Por isso, neste Dia Mundial do Diabetes, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância da participação dos pais e pacientes no cuidado diário.

Os avanços na medicina facilitam a adesão ao tratamento. “As ‘canetas’ com agulhas ultrafinas, bombas que substituem as picadas de insulina e sensores para controle da glicemia sem precisar furar o dedinho têm possibilitado manter um bom controle da doença com mais facilidade”, explica a médica endocrinologista Rosângela Réa, do Hospital Pequeno Príncipe.

A adoção de hábitos saudáveis também é essencial para uma boa qualidade de vida aos pacientes.  “Manter uma dieta saudável, combinada com uma boa quantidade de atividades físicas é especialmente benéfica nestes casos, ainda que com os avanços na monitoração da glicemia e as novas insulinas disponíveis as crianças e adolescentes possam viver uma vida normal, com uma dieta praticamente livre”, aponta a médica.

Para orientar as famílias que acabam de fazer o diagnóstico da diabetes na infância, o Pequeno Príncipe criou o Manual da Criança e do Adolescente com Diabetes, que faz parte do Projeto Saber+ Participar Melhor. O material pode ser acessado gratuitamente.

Sintomas do diabetes na infância

  • cansaço frequente, falta de energia para brincar, muito sono e preguiça;
  • mesmo alimentando-se bem, começa a emagrecer de forma repentina;
  • episódios frequentes de xixi à noite, voltando até a urinar na cama;
  • sente sede até nos dias mais frios e a boca permanece seca.

No caso de lactentes e bebês, a irritabilidade e o choro excessivo são sintomas comuns de diabetes. “Os bebês que se alimentam exclusivamente de leite materno, querem mamar a toda hora e mostram-se irritados e chorando excessivamente podem estar com diabetes. Nesses casos, apesar de se alimentarem frequentemente não ganham peso como esperado. Além disso, a troca de fraldas se torna mais frequente, e elas ficam mais pesadas, podendo ocorrer assaduras que não se resolvem da maneira habitual. Esses dados devem servir de alerta para o diagnóstico de diabetes e os lactentes devem ser imediatamente levados ao médico”, orienta a especialista.

Serviço de Endocrinologia

O Serviço de Endocrinologia do Hospital Pequeno Príncipe conta com especialistas no desenvolvimento infantil que oferecem tratamento para crianças com baixa estatura, puberdade precoce, alterações do desenvolvimento sexual, diabetes e doenças da tireoide e das glândulas adrenais, por exemplo. O serviço também atende pacientes com enfermidades raras, como a osteogênese imperfeita, conhecida como doença dos ossos de vidro.

  • Confira, no vídeo a seguir os sintomas e como tratar o diabetes:

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube

+ Notícias

22/02/2024

O que é e como identificar o transtorno de personalidade borderline?

Conheça os sintomas, as causas e a importância da psicoterapia como forma de tratamento
20/02/2024

Crianças podem ter uma dieta vegetariana?

A prática é adequada em qualquer fase da vida, mas é preciso garantir o consumo de todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento infantil
15/02/2024

Quando levar a criança ao dermatologista?

Hospital Pequeno Príncipe destaca quais são as doenças de pele mais comuns e os cuidados desde a infância
08/02/2024

Serviço de Gastroenterologia do Pequeno Príncipe completa 30 anos

A especialidade da instituição é considerada a mais importante do Paraná e uma das principais do país na área da pediatria
07/02/2024

Dicas para facilitar a mudança de escola de crianças e adolescentes

Ao seguir estas estratégias, os pais podem desempenhar um papel crucial no apoio emocional e na facilitação da adaptação de seus filhos
01/02/2024

Presidente da Representação Central Ucraniano-Brasileira visita Pequeno Príncipe

Vitório Sorotiuk agradeceu as ações humanitárias realizadas pelo Hospital
Ver mais