Dia Municipal do Rei Pelé

Notícias

Dia Municipal do Rei Pelé: proposta é aprovada em primeira instância

A iniciativa é uma reivindicação do Complexo Pequeno Príncipe e foi apresentada pelo presidente da Câmara Municipal de Curitiba (CMC), vereador Marcelo Fachinello
15/09/2023
Dia Municipal do Rei Pelé
O Dia Municipal do Rei Pelé é uma reivindicação do Complexo Pequeno Príncipe e foi apresentado pelo vereador Marcelo Fachinello.

O projeto de lei para criar o Dia Municipal do Rei Pelé foi aprovado em primeira instância na Câmara Municipal de Curitiba (CMC).  A proposta volta ao plenário na terça-feira, dia 19, para confirmação em segundo turno, seguindo depois para sanção do Executivo e publicação no Diário Oficial do Município. Essa é uma reivindicação do Complexo Pequeno Príncipe, que mantém o único projeto social formalmente apadrinhado pelo atleta: o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe. E foi apresentada pelo presidente da CMC, vereador Marcelo Fachinello. A data escolhida é 19 de novembro, quando, em 1969, o rei marcou seu milésimo gol em uma cobrança de pênalti às 23h23, na partida entre Vasco e Santos, pelo Torneio Roberto Gomes Pedrosa, no Maracanã.

O diretor-corporativo do Pequeno Príncipe, José Álvaro Carneiro, explica que a iniciativa seria uma forma de homenagear o legado em prol da infância que o maior craque da história do futebol mundial deixou.  “Ser o único projeto social no mundo a levar o nome do maior jogador de todos os tempos é uma honra para nós. Fazer pesquisas no Brasil é um grande desafio, pois os recursos são escassos, e o apoio do Pelé nos abriu muitas portas para captar recursos nacionais e internacionais. Ele nos aproximou de esportistas e trouxe visibilidade à ciência. Pesquisa não tem fronteira, então isso dá dimensão ao nosso trabalho, que se aproxima, de um jeito bem pequenininho, da dimensão do Pelé”, aponta.

Projetos semelhantes também tramitam na Assembleia Legislativa do Paraná e na Câmara Federal, com o mesmo objetivo. “Por sermos uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, a parceria com o Pelé foi fundamental para que o cuidado e os resultados das pesquisas que beneficiam crianças e adolescentes ultrapassassem fronteiras. E essa parceria seguirá. O rei jamais será esquecido pela atuação nos gramados e seu nome continuará fazendo história no mundo científico, levado com honra pelo Pequeno Príncipe em prol das crianças do mundo”, completa o diretor-corporativo do Complexo.

Homenagem ao rei Pelé

“Criar a data é uma homenagem necessária e, acima de tudo, merecida. Parabéns ao Pequeno Príncipe pela iniciativa de reconhecer a colaboração do Pelé. É importante que as pessoas, especialmente as crianças e os jovens, que não viram ele jogar, conheçam a história de vida dele. Espero que essa data seja confirmada e esse despertar de interesse torne-se realidade”Ricardo Luís Pozzi Rodrigues, Ricardinho, ex-jogador da Seleção Brasileira de Futebol, que junto com o rei contribuiu com ações para o Gols pela Vida.

“Quando fomos procurados pela diretoria do Pequeno Príncipe, acatamos a proposta de imediato. Pelé emprestou seu nome e todo o seu patrimônio histórico, dando a possibilidade do Pequeno Príncipe fazer um trabalho fantástico com as crianças de todo o Brasil”presidente da CMC, vereador Marcelo Fachinello, que com outros 11 vereadores – Bruno Pessuti, Eder Borges, Ezequias Barros, Herivelto Oliveira, Marcos Vieira, Mauro Bobato, Noemia Rocha, Oscalino do Povo, Pastor Marciano Alves, Sidnei Toaldo e Tito Zeglin – assinam a proposta como coautores.

“Eu acredito no valor das pequenas coisas. Ele se pronunciou com toda sua sensibilidade, e homenagear esse momento é valorizar um compromisso de amor e empatia, fazendo com que o outro perceba o quanto isso é importante”Flávia Kurtz Arantes do Nascimento, filha do rei, representante de Pelé no Instituto e membro do conselho mantenedor do Hospital Pequeno Príncipe.

Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe

Pelé ainda era jogador quando deixou clara a preocupação com o futuro das crianças brasileiras. Ao marcar seu milésimo gol, fez um apelo: “Aproveito a oportunidade para pedir a todos os brasileiros que não esqueçam as crianças pobres, que não esqueçam os necessitados.”

A preocupação demonstrada por ele com o bem-estar das crianças virou realidade quando o “rei encontrou o Príncipe”. Com o apoio do craque, foi anunciado, em 2005, o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe, que começou a funcionar em 2006.

Com mais de cem estudos realizados, em sete linhas de pesquisa, e uma equipe altamente capacitada, o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe tem oferecido contribuições importantes para salvar e melhorar a vida de crianças e adolescentes de todo o país. Seus estudos figuram entre as revistas científicas mais conceituadas do mundo.

O Pequeno Príncipe é signatário do Pacto Global desde 2019. A iniciativa presente nesse conteúdo contribui para o alcance do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS): Saúde e Bem-Estar (ODS 3), Indústria, Inovação e Infraestrutura (ODS 9) e Parcerias e Meios de Implementação (ODS 17).

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube.

+ Notícias

22/05/2024

Qual é a importância do vínculo afetivo na Primeiríssima Infância?

A ligação entre a criança e seus cuidadores se estabelece ainda na gravidez e se estende por um longo caminho após o nascimento
18/05/2024

Aumentam registros de violência contra crianças e adolescentes

Nas últimas duas décadas, foram mais de nove mil pacientes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe por maus-tratos; violência sexual predomina
17/05/2024

Pequeno Príncipe mobilizado pelo Rio Grande do Sul

Iniciativas vão desde teleconsultas a crianças e adolescentes em parceria com hospital gaúcho até mobilização de profissionais
15/05/2024

Como falar sobre as enchentes com as crianças?

Hospital Pequeno Príncipe destaca a importância de agir com sensibilidade e estar atento aos sinais de sofrimento manifestados pelos pequenos
13/05/2024

É normal a criança ter amigos imaginários?

A criação desses personagens é comum no desenvolvimento infantil, mas veja alguns sinais que indicam atenção a essa prática
09/05/2024

Ministra da Saúde visita área onde será o Pequeno Príncipe Norte

Nísia Trindade de Lima destacou a importância do projeto e da instituição para a saúde infantil do país
Ver mais