Ouvir o familiar e o paciente é prioridade no Pequeno Príncipe

Notícias

Ouvir o familiar e o paciente é prioridade no Pequeno Príncipe

Neste Dia Mundial da Segurança do Paciente, o Hospital reforça que todas as crianças, adolescentes e acompanhantes precisam ser ouvidos
17/09/2023
segurança do paciente
O Pequeno Príncipe, maior e mais completo hospital pediátrico do Brasil, ressalta a importância da participação dos familiares para a segurança do paciente.

O tema definido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no Dia Mundial da Segurança do Paciente deste ano é: “Engajar pacientes para a segurança do paciente.” O Pequeno Príncipe, maior e mais completo hospital pediátrico do Brasil, ressalta a importância da participação dos familiares no tratamento das crianças e adolescentes. Esse é um dos valores da instituição centenária.

“O Hospital busca todos os dias desenvolver ainda mais uma cultura centrada na pessoa. Atuamos com um binômio – paciente e família – por sermos uma instituição pediátrica. O resultado disso é o cuidado de excelência que incide diretamente na criança ou adolescente em tratamento”, explica o médico e vice-diretor de Qualidade e Pesquisa Clínica do Pequeno Príncipe, Fábio de Araújo Motta.  

Desafios da escuta ao paciente em um hospital pediátrico

Instituições pediátricas contam com um desafio quando se diz respeito a ouvir os pacientes, pois muitas vezes as crianças não conseguem expressar o que estão sentindo de maneira clara. “Nesses casos, o acompanhante é a pessoa que tem relação forte com a criança internada e, por isso, chegamos perto da realidade do paciente. Já no caso das crianças maiores, conseguimos conversar e entender o que elas estão sentindo”, realça o médico. 

Segundo o especialista, a humanização no Hospital exerce papel fundamental na escuta dos pacientes e interpretação de sentimentos. “Um hospital pediátrico humanizado é fundamental, pois a expertise de olhar todo o contexto faz a diferença na segurança dos pacientes. As crianças e adolescentes precisam ser ouvidos”, conta.

Meios de escuta no Pequeno Príncipe

O plano terapêutico é o planejamento que o médico, junto com a equipe multidisciplinar, constrói na rotina de cuidados com o paciente. Nesse caso, o familiar é um importante pilar. “Nós atendemos muitos casos complexos e crônicos, e ninguém conhece melhor o paciente quanto o seu familiar. Por isso, nós envolvemos a escuta desse acompanhante como mais um elemento da equipe multidisciplinar para promover o melhor cuidado”, destaca. 

As conversas focais, que também são meio de escuta, são caracterizadas por momentos em que equipes especializadas dialogam com as famílias dos pacientes de forma individual, buscando melhorar ainda mais a experiência vivida pela família no Hospital. “Não adianta darmos voz se não a ouvirmos. Nós precisamos ouvi-los”, pontua o vice-diretor. 

Além disso, os encaminhamentos realizados em conjunto com o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) também fazem parte da qualidade no atendimento. Dar uma resposta aos familiares que acionam o SAC traz segurança na relação entre os familiares e a equipe multidisciplinar. E, de outro lado, todas as reclamações e solicitações também são encaminhadas aos setores para a busca da melhoria contínua.

O Pequeno Príncipe é signatário do Pacto Global desde 2019. A iniciativa presente nesse conteúdo contribui para o alcance do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS): Saúde e Bem-Estar (ODS 3).

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube.

+ Notícias

22/07/2024

O que é a educação positiva?

Respeito mútuo, educação não violenta e encorajamento contribuem para a formação de crianças mais seguras, confiantes e responsáveis
19/07/2024

Pequeno Príncipe recebe representante do St. Jude Global e da Aliança AMARTE no Brasil

O Hospital integra o esforço global do St. Jude para combater o câncer, especialmente em países pobres e em desenvolvimento, e participa da Rede AMARTE no Brasil, com o mesmo propósito
16/07/2024

Corrida e Caminhada Pequeno Príncipe 2024: veja como foi!

A oitava edição contou com a participação de mais de duas mil pessoas em uma mobilização social que uniu esporte e solidariedade
13/07/2024

ECA: ampliação de leis fortalece proteção contra violência

Entre as atualizações, está a inclusão de bullying e cyberbullying no Código Penal. Neste Dia do ECA, o Hospital Pequeno Príncipe chama a atenção para dados alarmantes destes tipos de violências
10/07/2024

Por que é importante não reprimir o choro?

Hospital Pequeno Príncipe dá dicas de como criar um ambiente seguro e acolhedor para crianças e adolescentes expressarem as emoções
09/07/2024

Sessão de cinema diverte pacientes da hemodiálise

Crianças e adolescentes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe saíram do espaço com o coração aquecido e memórias inesquecíveis
Ver mais