Dia Mundial da Alimentação: orientações importantes aos estudantes que se preparam para vestibulinhos, Enem e vestibulares - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Dia Mundial da Alimentação: orientações importantes aos estudantes que se preparam para vestibulinhos, Enem e vestibulares

Neste 16 de outubro, vale a pena lembrar que manter a saúde em dia é fundamental para garantir um bom resultado nas provas
16/10/2018

A contagem regressiva para os vestibulinhos, Enem e diversos vestibulares está a todo vapor. Neste 16 de outubro, Dia Mundial da Alimentação, faz-se necessária uma atenção especial para que crianças e adolescentes mantenham a saúde em dia diante de uma intensa maratona de preparação.
Maria Emilia Suplicy de Albuquerque, nutricionista do Hospital Pequeno Príncipe, lembra que essa fase pede uma alimentação balanceada e completa. “Tem que incluir todos os grupos alimentares, adequados a cada refeição ao longo do dia. É preciso fazer ao menos 5 refeições. Os lanches pedem alimentos leves, de fácil digestão, como frutas”, comenta.

De acordo com a profissional, o jejum prolongado deve ser evitado, pois o cérebro necessita de energia para um bom rendimento. Além disso, é preciso ingerir a quantidade adequada de líquido durante o dia – em torno de 1,5 litro –, preferencialmente água. “É importante evitar o excesso de cafeína (café, chá mate e guaraná) para estudar à noite, pois piora a ansiedade. Bebidas adoçadas também não são bem-vindas. Além de desnecessárias, podem fazer você acumular uns quilinhos a mais às custas somente de açúcar. Vale lembrar que são calorias vazias e que não trazem benefício nenhum. Com hidratação correta e alimentação adequada, seu rendimento vai melhorar muito nos estudos”, fala.

O bom desempenho em qualquer concurso, lembra a nutricionista Maria Emilia Suplicy de Albuquerque, depende da boa combinação entre repouso, alimentação e exercícios.  “Uma boa noite de sono para um dia seguinte cheio de conteúdos é fundamental,  assim como exercícios que liberam hormônios de bem-estar e que ajudam a relaxar após  muitas horas de estudo.  Mas como tudo, sem exageros, para não cansar em excesso e prejudicar o aprendizado. Esse é um ano para ganho de massa cerebral e não de massa muscular”, observa.

Cardápio
Siga as dicas da nutricionista para manter uma alimentação balanceada às vésperas dos vestibulinhos, Enem e vestibulares:

Café da manhã: com leite, frutas e cereais (pães ou cereais).
Lanches: com frutas e biscoitos simples, iogurte.
Almoço /Jantar: carboidrato (arroz, feijão, polenta, macarrão), proteína magra e uma variedade de verduras e legumes.
Nos dias de prova: café da manhã completo com queijos, pães e frutas e no almoço evitar grande volume de comida e com muita proteína e gordura,  pois dificultam a digestão. Evite alimentos nunca consumidos para não ter surpresas gastrointestinais.

+ Notícias

25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
24/11/2022

Pequeno Príncipe vence o Prêmio Líderes Regionais Paraná 2022

A instituição foi premiada na categoria ESG – Responsabilidade Social. O reconhecimento destaca empresas, organizações e empresários que contribuíram para o desenvolvimento do estado
23/11/2022

Câncer pediátrico: diagnóstico precoce pode salvar até 84% dos pacientes

Referência nacional no tratamento de doenças onco-hematológicas há meio século, Hospital Pequeno Príncipe alerta sobre sintomas
21/11/2022

Pequeno Príncipe atua na prevenção da resistência aos antimicrobianos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 1,3 milhão de pessoas morram a cada ano devido aos efeitos dessa resistência  
20/11/2022

Dia Mundial da Criança chama atenção à defesa de direitos

Em sua trajetória centenária, o Hospital Pequeno Príncipe desenvolve uma série de iniciativas em favor da proteção integral de meninos e meninas  
18/11/2022

Eletrofisiologia: Pequeno Príncipe é pioneiro em pediatria e mapeamento do coração em procedimento cirúrgico

O serviço também é referência no Brasil na realização de procedimentos invasivos e colocação de dispositivos eletrônicos no público infantojuvenil
Ver mais