Dia do pediatra: Pequeno Príncipe tem motivos de sobra para comemorar - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Dia do pediatra: Pequeno Príncipe tem motivos de sobra para comemorar

Berço da Pediatria no Paraná, a instituição conta com 300 profissionais que atuam no desenvolvimento saudável de crianças e adolescentes
27/07/2016

DSC07278O pediatra é o médico responsável por fornecer a orientação necessária para o desenvolvimento saudável de crianças e adolescentes, indicando as ações adequadas para recuperar a saúde e prevenir doenças. Para homenagear esses profissionais, nesta quarta-feira, dia 27, é comemorado o Dia do Pediatra.

“Essa é uma das especialidades da medicina de grande relevância, porque uma criança saudável resulta em um adulto saudável. O pediatra, então, pode prever e tratar doenças, é responsável por realizar consultas de rotina e acompanhar o crescimento dos meninos e meninas. Esse profissional também tem a responsabilidade de auxiliar os pais na formação da criança desde o nascimento”, explica o vice-diretor clínico, coordenador da residência em pediatria e infectologista pediátrico do Hospital Pequeno Príncipe, Victor Horácio de Souza Costa Junior.

A formação de um pediatra exige tempo e muita dedicação. Para atuar como médico clínico, além de seis anos de graduação em medicina, o profissional precisa passar por três anos de residência em um hospital pediátrico. Já para ser cirurgião pediátrico, mais do que os anos de graduação, são necessários dois anos de residência em cirurgia geral seguidos de três anos em cirurgia pediátrica.

Pediatria no Hospital Pequeno Príncipe
Dr_Victor_Horacio_e_residentes_1Berço da Pediatria no Paraná, a instituição começou os seus trabalhos no início do século passado, há 96 anos, quando ainda era chamado de Hospital de Crianças. Desde 1970, também forma médicos em seu programa de residência do Brasil. Somente em 2015, 195 candidatos se inscreveram para as 12 vagas ofertadas em pediatria. “É um dos processos seletivos mais concorridos do país”, aponta o vice-diretor.

Concentrar em um mesmo ambiente a experiência profissional, variadas especialidades, acesso a diferentes terapias e meios diagnósticos é o grande diferencial do serviço no Pequeno Príncipe. Na instituição, o cuidar de crianças tem como base o conhecimento científico e a tecnologia de ponta. Por isso, o Hospital é reconhecido por sua excelência em todos os atendimentos pediátricos e tem em seu quadro 300 médicos.

“Hoje, além do conhecimento em medicina, nossos profissionais devem conhecer profundamente a criança e a dinâmica familiar em que ela está inserida. Somente com isso, é possível o cuidado integral dos meninos e meninas atendidos”, destaca o médico.

+ Notícias

13/07/2024

ECA: ampliação de leis fortalece proteção contra violência

Entre as atualizações, está a inclusão de bullying e cyberbullying no Código Penal. Neste Dia do ECA, o Hospital Pequeno Príncipe chama a atenção para dados alarmantes destes tipos de violências
10/07/2024

Por que é importante não reprimir o choro?

Hospital Pequeno Príncipe dá dicas de como criar um ambiente seguro e acolhedor para crianças e adolescentes expressarem as emoções
09/07/2024

Sessão de cinema diverte pacientes da hemodiálise

Crianças e adolescentes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe saíram do espaço com o coração aquecido e memórias inesquecíveis
08/07/2024

Nota de solidariedade ao hospital pediátrico bombardeado em Kiev

Pequeno Príncipe manifesta a dor pela violência cometida contra pessoas inocentes, dentre elas crianças doentes e hospitalizadas
04/07/2024

Tratamento de efluentes: Hospital e Sanepar assinam parceria

Iniciativa pioneira no país vai testar diferentes maneiras de reduzir antibióticos e combater o surgimento de superbactérias no esgoto hospitalar
03/07/2024

Como o celular e as redes sociais afetam os adolescentes?

Hospital Pequeno Príncipe dá dicas sobre como promover a utilização equilibrada e responsável dessas tecnologias
Ver mais