Cuidados com a exposição solar nas férias de fim de ano - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Cuidados com a exposição solar nas férias de fim de ano

O Hospital Pequeno Príncipe alerta os pais e responsáveis sobre a proteção correta às crianças e aos adolescentes, bem como os horários mais adequados
08/12/2021
O uso de protetor solar é essencial para a saúde da pele.

Com o fim do ano e o verão chegando, a exposição ao sol tende a aumentar entre as famílias, incluindo as crianças e os adolescentes. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o banho de sol em excesso e sem proteção é o principal fator de risco para o câncer de pele. Nesse período, o Hospital Pequeno Príncipe reforça que o cuidado com o sol deve ser redobrado entre os meninos e meninas.

A dermatologista Nadia Almeida, do Hospital Pequeno Príncipe, destaca que o uso do protetor solar é fundamental para a saúde. “É importante que as crianças tenham a mentalidade de que elas precisam cuidar da pele para evitar o envelhecimento precoce ou, até mesmo, o câncer de pele. O uso do protetor solar desde a infância é mais do que proteção, é uma questão de prevenção”, afirma a especialista.

De forma adequada, o sol traz benefícios, como a produção de vitamina D, que auxilia o organismo no ganho de imunidade, saúde óssea, metabolismo, entre outros. Além do aumento na produção de endorfina, estimulada pelo sol, que reduz sintomas de depressão e ansiedade, por exemplo.

Além da proteção ao sol, é essencial hidratar-se com líquidos saudáveis e adotar uma alimentação balanceada.

Recomendações para a exposição solar
A principal orientação é o uso do protetor solar, com o fator mínimo 30 e que proteja contra os raios ultravioletas (UVA e UVB). Não é recomendado o uso de bloqueadores solares em bebês menores de seis meses, por isso o ideal é evitar a exposição direta. Caso seja necessário, a recomendação é utilizar roupas leves e de algodão nos pequenos, além de bonés e chapéus.

Em algumas horas do dia, antes das 10h da manhã e após as 16h da tarde, a incidência de sol é menor, por isso esses são os horários mais indicados para a exposição solar. “As crianças possuem a pele sensível e precisam de uma atenção especial. O risco de queimaduras causadas pelo sol é frequente em épocas quentes do ano e podem trazer uma série de consequências para a pele das crianças”, alerta a médica, que também é chefe do Serviço de Dermatologia do Hospital Pequeno Príncipe.

Além do uso de protetor solar e reaplicação a cada duas horas, ou quando a criança entrar no mar ou rio, a alimentação saudável e a hidratação do corpo com água e demais líquidos saudáveis são essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Brotoejas

Os principais sintomas das brotoejas são pequenas bolinhas vermelhas na pele, inchaço, coceira e sensação de ardor.

As brotoejas, mais comuns no verão, trazem muito incômodo para as crianças e são causadas por uma inflamação das glândulas de suor. Entre os principais causadores dessa condição estão os ambientes quentes e úmidos e a imaturidade das glândulas, causa recorrente de brotoeja em recém-nascidos. Os principais sintomas são pequenas bolinhas vermelhas na pele, inchaço, coceira e sensação de ardor, principalmente no rosto, pescoço, costas, peito e coxas. A brotoeja geralmente desaparece naturalmente, mas é importante que os pais fiquem atentos, se os sintomas persistirem é indispensável procurar um especialista.

+ Notícias

27/01/2023

Hanseníase: atenção aos sinais e sintomas auxilia diagnóstico

Neste Dia Mundial de Combate à Hanseníase, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância de se buscar os serviços de saúde logo no aparecimento dos primeiros sinais e lembra que a doença tem cura
25/01/2023

Gastrosquise: diagnóstico é possível pelo ultrassom na gestação

O Hospital Pequeno Príncipe é referência no tratamento cirúrgico da doença, que é uma malformação rara da parede abdominal ocasionada ainda na formação do feto
23/01/2023

Saiba tudo sobre viroses em crianças

Hospital Pequeno Príncipe chama atenção de famílias para quadros virais comuns durante o verão
20/01/2023

Como cuidar da saúde mental na infância e adolescência?

O Hospital Pequeno Príncipe chama atenção para o tema e sugere atitudes de pais e responsáveis para contribuir com seus filhos
18/01/2023

Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe atende de forma integral crianças e adolescentes com deficiência

A unidade conta com laboratório de marcha, parque adaptado e sala de realidade virtual
16/01/2023

ALTA COMPLEXIDADE | Serviço de Radiologia Intervencionista

A especialidade trata doenças complexas em procedimentos minimamente invasivos. Saiba mais sobre o serviço na série de alta complexidade
Ver mais