Crianças conhecem manifestação folclórica no Pequeno Príncipe - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

    Crianças conhecem manifestação folclórica no Pequeno Príncipe

    Projeto Bumba Meu Boi apresenta espetáculo cênico-musical com interação da plateia
    22/08/2013

    O folclore brasileiro é repleto de histórias, lendas e causos que retratam diversos personagens, como Saci-Pererê, Mula sem Cabeça, Curupira, Boitatá, e tem, inclusive, o Boi que ressuscita, entre outras representações populares regionais. Para fortalecer os laços populares com a cultura, o Brasil celebra no dia 22 de agosto, o Dia do Folclore.

    No Hospital Pequeno Príncipe, as crianças e adolescentes também têm contato com esse mundo mágico. Entre os projetos desenvolvidos na instituição está o Bumba Meu Boi, uma das expressões populares mais comemoradas no país. O espetáculo é encenado pela Trupe Parabolé, que elaborou uma apresentação cênico-musical divertida com instrumentos, roupas coloridas e um boneco do boi. Dois atores interagem com a plateia, estimulando o público a participar das histórias.

    “As tradições folclóricas são parte da alma de um povo. Conhecê-las e cultivá-las é uma maneira de nos tornarmos mais ‘brasileiros’ e de alimentarmos em nós o espírito de festa e de convivência comunitária. Quando participam conosco da história do boi, as crianças e seus familiares dão vida a uma tradição ancestral profundamente brasileira, ingênua e bela”, afirma o coordenador do Setor de Educação e Cultura (Educ), Cláudio Teixeira.
    O Educ foi criado como setor em 2002, no entanto as atividades voltadas a proporcionar acompanhamento educacional aos pacientes internados e a viabilizar espetáculos variados para entreter e apresentar manifestações culturais aos pacientes e seus familiares existem desde os anos 1990.

    O projeto foi viabilizado pela Lei Rouanet e patrocinado pelas empresas Cia Cable Tele Informática Comércio e Representações Comerciais Ltda, Gestamp Paraná S.A, Mondelez Brasil, Servopa S/A Comércio e Indústria e Sul Defensivos Agrícolas Ltda.

    Bumba Meu Boi
    Uma das manifestações folclóricas mais tradicionais no país, o Bumba Meu Boi reúne música, dança, circo e teatro. A lenda retrata a vida de um casal de escravos: Francisco e Catirina. Durante a gravidez, Catirina tem vontade de comer língua de boi, obrigando o marido a matar o boi mais bonito do dono da fazenda em que trabalham para satisfazê-la. Ao perceber a morte do animal, o fazendeiro reúne curandeiros e pajés para ressuscitar o boi. Quando esse retorna à vida, todos comemoram e assim se inicia a festa.

    Parabolé Educação e Cultura
    A Parabolé Educação e Cultura desenvolve projetos culturais que apresentam interesse educacional e social. Seus serviços são oferecidos a escolas públicas e particulares, empresas, secretarias municipais e estaduais de educação e cultura. Seus produtos são destinados a crianças, educadores, pais, pesquisadores e todo público interessado em cultura e educação. Para saber mais: http://www.parabole.com.br.

    + Notícias

    02/12/2022

    Mitos e verdades sobre convulsões

    Distúrbio que provoca grande apreensão nos pais, as convulsões precisam de acompanhamento médico
    29/11/2022

    Dia de Doar: renúncia fiscal tem potencial de arrecadar até R$ 8 bilhões

    Data criada há 20 anos nos Estados Unidos pretende fortalecer cultura de doações no Brasil. Doações via Imposto de Renda podem ser feitas até dia 29 de dezembro
    25/11/2022

    Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

    O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
    24/11/2022

    Pequeno Príncipe vence o Prêmio Líderes Regionais Paraná 2022

    A instituição foi premiada na categoria ESG – Responsabilidade Social. O reconhecimento destaca empresas, organizações e empresários que contribuíram para o desenvolvimento do estado
    23/11/2022

    Câncer pediátrico: diagnóstico precoce pode salvar até 84% dos pacientes

    Referência nacional no tratamento de doenças onco-hematológicas há meio século, Hospital Pequeno Príncipe alerta sobre sintomas
    21/11/2022

    Pequeno Príncipe atua na prevenção da resistência aos antimicrobianos

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 1,3 milhão de pessoas morram a cada ano devido aos efeitos dessa resistência  
    Ver mais