Complexo Pequeno Príncipe reúne em São Paulo doadores para noite de agradecimento - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Complexo Pequeno Príncipe reúne em São Paulo doadores para noite de agradecimento

O chef Emmanuel Bassoleil assinou voluntariamente o cardápio servido aos cerca de 50 participantes
15/08/2017
O evento, realizado em São Paulo, reuniu apoiadores do Pequeno Príncipe.

Um coquetel realizado no Hotel Unique, em São Paulo, reuniu na noite de segunda-feira, dia 14, alguns dos principais doadores de Imposto de Renda Pessoa Física do Complexo Pequeno Príncipe. “Nosso grande objetivo era dizer, mais uma vez, um ‘muito obrigada’ especial a estas pessoas que estão nos ajudando a transformar a realidade de atendimento em saúde oferecido aos meninos e meninas de todo o Brasil. Mais do que atendimento técnico-científico de excelência, estamos garantindo a estas crianças e adolescentes uma série de direitos, como o direito à convivência familiar, o direito à educação e o direito à cultura. E assim estamos oportunizando a todos os que nos procuram o mesmo tratamento que gostaríamos que os nossos filhos tivessem”, enfatizou a diretora executiva do Hospital Pequeno Príncipe, Ety Cristina Forte Carneiro.

Com cardápio voluntariamente assinado pelo chef Emmanuel Bassoleil, o coquetel reuniu cerca de 50 apoiadores da instituição, desde os que estão engajados há mais de uma década, até os que se uniram recentemente à causa.

O diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro, ressaltou que nos últimos anos o apoio de empresas, empresários e comunidade em geral, por meio de investimento privado, tem sido fundamental para que o Hospital consiga fazer frente aos inúmeros desafios financeiros impostos pelo atendimento ao Sistema Único de Saúde (SUS). “Pelo segundo ano consecutivo nós atendemos crianças de absolutamente todos os estados do Brasil. Ser referência nos traz estas crianças e queremos estar cada vez mais preparados para bem atendê-las. E isto tem sido possível com o apoio de vocês”, destacou.

Apoiadores
O empresário Carlo Bottarelli é um dos primeiros apoiadores do Complexo Pequeno Príncipe como pessoa física. Seu engajamento com a instituição começou por meio da história do filho de uma colaboradora, que necessitou de atendimento de saúde no Hospital Pequeno Príncipe. “Foi um tratamento feito com muito carinho, com muita psicologia, com muita entrega. E aquilo despertou em mim a vontade de participar mais de perto. Consegui envolver a empresa, organizar um instituto para cuidar das nossas doações, me envolver como pessoa física e sou muito grato por poder ajudar”, comentou.

O empresário Altamir Batista Mateus da Silva também participou do coquetel. Ele conheceu o Pequeno Príncipe por meio de alguns amigos. Mas foi uma reportagem publicada numa revista de grande circulação nacional que o ajudou a tomar a decisão de se tornar apoiador, no ano passado. ”Nesse um ano de apoio, eu tenho acompanhado o trabalho que é desenvolvido no Hospital. A transparência da organização e o engajamento das pessoas que trabalham nela são pontos que me deixam muito confortável para apoiar”, destacou.

Os empresários Carlo Bottarelli, Altamir Batista Mateus da Silva e Leonardo Almeida Byrro (na foto, com a esposa Danielle) são apoiadores do Hospital.

Já a relação do empresário Leonardo Almeida Byrro com o Pequeno Príncipe começou enquanto ele ainda trabalhava na Cremer, uma grande fornecedora de produtos do Hospital. “Naquele período eu pude conhecer muito além dos negócios, pude ver o carinho, o cuidado com que as pessoas cuidam das crianças e também esse sonho grande de criar uma instituição cada vez mais referência no atendimento pediátrico no Brasil. E eu fui me apaixonando pela proposta, pelo sonho. Aí fiz um primeiro apoio pela empresa e a partir disso eu resolvi fazer também uma doação pessoal. E acabei envolvendo também a minha esposa”, contou.

Danielle, esposa de Leonardo, é curitibana e acabou se tornando uma grande embaixadora do Hospital na família. “Para nós é um grande orgulho e um prazer poder ajudar. É muito tocante conhecer as histórias do Hospital. A causa é muito nobre e esperamos poder trazer o bem e a alegria para muitas famílias”, declarou Danielle, que acabou engajando outros familiares como doadores.

Ex-paciente faz projeto em apoio ao Pequeno Príncipe

Um dos destaques da noite foi o depoimento da ex-paciente do Hospital Pequeno Príncipe, Gabriela Medeiros, autora do projeto “1 menina e 365 cabelos”, que criou 365 ilustrações de uma personagem com variações de cabelos. Por meio dos desenhos ela retrata um pouco da sua própria história com o câncer, vencido por meio de um transplante de medula óssea.

Gabriela foi gerada para que sua medula pudesse salvar a vida do seu irmão, que na época tinha 9 anos e sofria com um câncer. Durante essa fase, no entanto, seu irmão se recuperou, mas a família decidiu armazenar o material do cordão umbilical. Dois anos depois, Gabriela também teve um câncer e acabou sendo salva pelo material originado do seu próprio cordão umbilical.

Formada em Design Gráfico, ela criou as ilustrações e toda a renda obtida com a venda é doada ao Serviço de TMO do Pequeno Príncipe. No coquetel, cada participante recebeu uma reprodução como lembrança.

+ Notícias

07/12/2022

5 dicas para manter uma alimentação saudável nas férias

O Hospital Pequeno Príncipe relembra a importância de cuidar de alguns hábitos nesta época do ano
06/12/2022

Espetáculo de Natal vai alterar o trânsito no entorno do Hospital

As apresentações do “Papai Noel na Sumiçolândia” acontecerão nos dias 9, 10 e 11 de dezembro, às 21h, na fachada histórica da instituição
05/12/2022

Serviço de Ortopedia do Pequeno Príncipe é referência em tratamento de doenças e síndromes complexas

Em 2021, o serviço realizou 17.249 procedimentos cirúrgicos, além de 13.040 consultas ambulatoriais
02/12/2022

Mitos e verdades sobre convulsões

Distúrbio que provoca grande apreensão nos pais, as convulsões precisam de acompanhamento médico
29/11/2022

Dia de Doar: renúncia fiscal tem potencial de arrecadar até R$ 8 bilhões

Data criada há 20 anos nos Estados Unidos pretende fortalecer cultura de doações no Brasil. Doações via Imposto de Renda podem ser feitas até dia 29 de dezembro
25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
Ver mais