Complexo Pequeno Príncipe realiza comemoração e homenagem a seus voluntários na Associação Eunice Weaver - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Complexo Pequeno Príncipe realiza comemoração e homenagem a seus voluntários na Associação Eunice Weaver

Para marcar o Dia do Voluntário Paranaense, instituição agradece participantes do Voluntariado por sua solidariedade
26/09/2014

Ser voluntário é: uma realização proveniente do ato de amor; contribuir para um mundo melhor; aprender mais a cada dia; dividir amor e esperança com o próximo; doar-se; crescimento e aprendizado. Essas foram algumas das reflexões que os voluntários do Hospital Pequeno Príncipe fizeram com relação ao importante trabalho que realizam. No Paraná, o dia 27 de setembro marca o Dia do Voluntário. Em homenagem a essa data especial, uma comemoração foi realizada durante a tarde de quinta-feira, 25, na sede da Associação Eunice Weaver do Paraná (AEW-PR). Além dos participantes do Voluntariado do Hospital, voluntários do Colégio Integral, da AEW-PR e da APPAM (Apoio, Proteção e Assistência às Crianças e Adolescentes com Mielomeningocele) estiveram presentes e foram homenageados. Uma apresentação do grupo Klezmorin, especializado no gênero klezmer – música judaica cigana –, também foi realizada e animou a comemoração com suas canções festivas.

Durante a tarde, a diretora-executiva do Hospital Pequeno Príncipe, Ety Cristina Forte Carneiro, e a coordenadora do Voluntariado do Pequeno Príncipe, Rita de Cássia Lous, agradeceram e prestaram suas homenagens aos voluntários. “O voluntário tem a capacidade de ver a vida de uma forma diferente, de transmitir que é possível lutar e ter esperança para as crianças que estão nessa luta pela saúde”, disse Rita. Já a diretora do Hospital comentou o momento difícil que hospitais filantrópicos como o Pequeno Príncipe enfrentam pela questão do subfinanciamento do Sistema Único de Saúde e agradeceu aos voluntários pela sua capacidade de lutar para criar um mundo com mais igualdade, mesmo em momentos de crise. “O Voluntariado, assim como a instituição, ousa sonhar com a qualidade de saúde e o direito à vida para qualquer criança.” Ety ainda agradeceu o grupo Klezmorin pela apresentação e por trazer cor e felicidade ao mundo por meio da arte. “Toda criança é um artista, e todo artista é uma criança”, acrescentou.

O Hospital Pequeno Príncipe conta com cerca de 400 voluntários que doam seu tempo, amor e carinho às crianças e adolescentes da instituição. Os membros do Voluntariado da instituição são de diversas idades. Alguns começaram o trabalho recentemente, enquanto outros já doam o seu tempo e carinho aos pacientes há anos. Michael Hsiao, de 21 anos, e Rhamille Kaliil, de 24, começaram a fazer trabalho voluntário no Pequeno Príncipe este ano, movidos pela vontade de ajudar o próximo. “Eu sou apaixonada por crianças e, como já fiz tratamento aqui quando era mais nova, eu sempre quis retribuir de alguma forma”, disse Rhamille. Ambos concordaram que a atividade é muito gratificante e que aprendem muito com as crianças que ajudam.

A senhora Glaci Carstens Vieira é voluntária na instituição há 14 anos e desde então faz visitas semanais ao Hospital. Dona Glaci já participou contando histórias e brincando com os pacientes do Pequeno Príncipe e hoje ajuda organizando campanhas de doação. “Eu faço o que posso pelo Hospital e me faz muito bem saber que estou ajudando as crianças e trazendo felicidade”, contou.

Seja acompanhando pacientes em passeios, brincando ou contando histórias para eles, auxiliando em atividades de educação e cultura ou arrecadando doações, os voluntários podem ser vistos em todo o Hospital, sempre com seus aventais amarelos, trazendo amor, conhecimento e alegria para as meninas e meninos do Pequeno Príncipe.

+ Notícias

05/08/2022

Cirurgia de correção de malformação rara é realizada por Pequeno Príncipe

A correção da extrofia de cloaca foi realizada pela técnica de Kelley, considerada inovadora
04/08/2022

Cientistas estão desenvolvendo gel bucal para tratar mucosite

Principal reação adversa da quimioterapia, a mucosite oral causa intensa dor e pode ser porta de entrada para outras infecções
02/08/2022

Doenças raras é tema de mesa-redonda organizada pelo Pequeno Príncipe

A iniciativa fez parte da programação da 74.ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)
01/08/2022

Aleitamento materno favorece desenvolvimento da inteligência e estrutura da face

Especialistas do Hospital Pequeno Príncipe explicam ligação entre o neurodesenvolvimento e o crescimento ósseo adequado da face
28/07/2022

Hepatites A e B podem ser prevenidas por meio da vacinação

O Centro de Vacinas Pequeno Príncipe disponibiliza imunizantes contra essas duas formas da doença, que ocorrem de forma endêmica no Brasil
27/07/2022

Único hospital do Brasil com 35 especialidades pediátricas atrai estudantes de todo o país

Com 50 anos de existência, a residência em pediatria do Pequeno Príncipe ajuda a melhorar o déficit de especialistas em diversos estados brasileiros
Ver mais