Celebração ecumênica com líderes religiosos é feita pelo Hospital

Notícias

Celebração ecumênica com representantes religiosos é realizada pelo Hospital

Essa edição trouxe mensagens de acolhimento em tempos de desafios para profissionais, pacientes e familiares
07/09/2022
celebração ecumênica
A celebração ecumênica on-line contou com a presença de representantes de diferentes segmentos religiosos.

 

O Hospital Pequeno Príncipe, por meio do Serviço de Acolhimento Espiritual, promoveu mais uma edição da celebração ecumênica on-line. O encontro com diferentes representantes religiosos oportunizou aos profissionais e familiares de pacientes da instituição um momento de reflexão sobre o acolhimento – ainda tão necessário para trazer conforto e esperança. Mesmo diante de um cenário mais otimista da pandemia, os desafios ainda persistem, principalmente os emocionais.

O evento, transmitido pelo canal oficial do Complexo Pequeno Príncipe no YouTube, contou com a presença de representantes de diferentes segmentos religiosos: sacerdotisa umbandista Zuleide da Cru; líder islâmico da Mesquita de Curitiba, xeique Mohsen Mahdian; Ananias Anav Brooks e Yakar Pedro da Silva, da Comunidade Doze Tribos “Discípulos de Yahshua”, de Campo Largo (PR).

Durante a celebração, a coordenadora do Núcleo de Humanização, Maria Gloss, representando o Pequeno Príncipe, ressaltou a importância de celebrar o momento atual, sem se esquecer dos desafios que ainda existem. “Vivemos em tempos de novos aprendizados, novos protocolos e de um novo normal. Mas o que queremos tornar normal? Celebremos esse momento atual pedindo para que possamos vencer os desafios da ignorância, da fome, do abandono, do desamor, da violência, do preconceito. Que possamos enxergar além do que nosso olho possa ver e vislumbrar horizontes em que todos caibam em sua forma única de agir. Que em cada desafio encontremos uma mão amiga”, destacou.

Mensagens de acolhimento e esperança

Durante a celebração ecumênica, os representantes religiosos ressaltaram a importância do acolhimento espiritual nos momentos mais desafiadores. Confira os depoimentos:

“Muitas pessoas ainda sofrem a depressão, o pânico do isolamento e a perda de entes queridos. Mas a fé move essas pessoas a pedirem ajuda, assim podemos acolhê-las com o amor universal de Deus. Que elas possam entender que a perda precoce dói muito, causando conflitos internos, mas todos temos um tempo de caminhada. É importante olhar para fora, ver que ainda há vida, ainda há motivo, há pessoas que também precisam de acolhimento, de um abraço, de uma palavra. Devemos acolher todos, dentro do amor ao próximo, da paz e da caridade.” Zuleide da Cruz, sacerdotisa de umbanda

“Selecionei as passagens do Alcorão (livro sagrado do Islã) para ilustrar a busca por paciência. O Divino sempre está conosco e precisamos recorrê-lo nos momentos em que mais precisamos. Saber que Deus está sempre olhando para nós pode tornar os problemas mais fáceis de enfrentar.”Xeique Mohsen Mahdian, líder islâmico

“Quando estamos bem, não nos perguntamos se estamos no caminho certo. Já quando estamos em dificuldades, fazemos esse questionamento. Geralmente temos uma vida centrada em nós mesmos, querendo apenas satisfazer nossas vontades, mas encontramos em Deus o perdão para a culpa que carregamos – pelas coisas que sabemos que deveríamos ter feito, mas não fizemos. Existe esperança para aqueles que não têm esperança. Busque ajuda, seja livre para poder ajudar outras pessoas.”Ananias Anav Brooks e Yakar Pedro da Silva, representantes da Comunidade Doze Tribos “Discípulos de Yahshua”

  • Confira a celebração na íntegra:

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – Facebook, InstagramTwitterLinkedInYouTube

+ Notícias

08/02/2023

Gravidez na adolescência: a prevenção começa com educação e diálogo

Um ambiente acolhedor e de confiança é fundamental para o desenvolvimento saudável de meninos e meninas  
07/02/2023

Nota de pesar pelo falecimento do pediatra Danilo Cerqueira Leite Junior

O médico, com mais de 50 de formação, atuou no Pequeno Príncipe e contribuiu com cuidados a milhares de crianças e adolescentes que passaram pelo Hospital nas últimas décadas
06/02/2023

ALTA COMPLEXIDADE | Serviço de Cirurgia Vascular

O Hospital Pequeno Príncipe tem equipe especializada no tratamento de doenças do sistema circulatório em crianças e adolescentes
03/02/2023

Gravidez na adolescência: quais são os riscos?

A gestação nessa fase, que compreende dos 10 aos 19 anos, gera uma série de consequências para a vida da mãe e do bebê
01/02/2023

Volta às aulas e a imunização de crianças e adolescentes

As medidas de higiene das mãos, etiqueta ao tossir e uso de máscara também auxiliam a evitar a disseminação de doenças
27/01/2023

Hanseníase: atenção aos sinais e sintomas auxilia diagnóstico

Neste Dia Mundial de Combate à Hanseníase, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância de se buscar os serviços de saúde logo no aparecimento dos primeiros sinais e lembra que a doença tem cura
Ver mais