Campanha Pra Toda Vida recebe menção honrosa no Prêmio Fortis - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Campanha Pra Toda Vida recebe menção honrosa no Prêmio Fortis

Realizada há 16 anos, a iniciativa capacita profissionais da saúde e da educação para o reconhecimento e a denúncia de casos de violência; empodera crianças e adolescentes para a autoproteção e mobiliza a sociedade
09/12/2021
A Campanha Pra Toda Vida recebeu menção honrosa no Prêmio Fortis

 

A Campanha Pra Toda Vida – a violência não pode marcar o futuro das crianças, desenvolvida pelo Hospital Pequeno Príncipe desde 2006, recebeu menção honrosa no Prêmio Fortis, na categoria Sociedade Civil Organizada. Promovido pelo Departamento de Justiça, da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho do Estado do Paraná, o prêmio reconheceu instituições e pessoas que se destacaram na proteção da criança e do adolescente em 2021. O evento de premiação aconteceu na noite de 7 de dezembro, no plenário da Assembleia Legislativa.

A Campanha Pra Toda Vida é realizada anualmente há 16 anos e tem como objetivo contribuir para o enfrentamento de todas as formas de violência contra crianças e adolescentes e para a redução do número de casos, mediante a educação para a identificação e notificação dos casos, além do estímulo à denúncia, inclusive das crianças e adolescentes.

Segundo a assessora da diretoria do Hospital Pequeno Príncipe, Thelma Alves de Oliveira, “a campanha vem coroar um trabalho iniciado ainda na década de 1970, quando os profissionais do Pequeno Príncipe iniciaram o atendimento diferenciado às crianças que chegavam à instituição com lesões incompatíveis àquelas histórias relatadas por seus responsáveis”. O olhar atento, o conhecimento técnico das equipes, a solidariedade e o constante compromisso com a vida fizeram com que o Hospital se tornasse pioneiro nas ações de identificação e combate à violência.

A campanha atua em quatro vertentes: a capacitação de profissionais da saúde e da educação para o reconhecimento e denúncia desses casos de violência contra crianças e adolescentes; a orientação e empoderamento das próprias crianças sobre seus direitos e formas de se proteger; o incentivo à denúncia pelos diversos atores da sociedade civil; e a atuação de forma integrada, por meio da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente, que tem como objetivo reduzir a violência contra a criança e o adolescente na cidade de Curitiba/PR, principalmente no que se refere à violência doméstica/intrafamiliar e sexual.

Desde o seu lançamento, a iniciativa já alcançou milhares de profissionais da saúde e da educação por meio de manuais que ensinam como identificar e denunciar os casos. Também impactou crianças e adolescentes, com livros especialmente elaborados para falar sobre o tema diretamente com esse público, empoderando-o para buscar ajuda quando necessário. Anualmente, a campanha também sensibiliza a sociedade, por meio de conteúdos compartilhados nas redes sociais do Hospital Pequeno Príncipe e da mobilização da imprensa para o tema.

 

+ Notícias

30/09/2022

Setembro Amarelo: é preciso falar sobre tentativa de suicídio na infância e adolescência

O Hospital Pequeno Príncipe, referência em atendimentos pediátricos, registrou um aumento de 95% dos casos do primeiro semestre de 2021 para 2022
29/09/2022

Coração dá sinais de que precisa de cuidado

Neste Dia Mundial do Coração, o Hospital Pequeno Príncipe alerta quando é necessário buscar um pediatra
27/09/2022

Doação de órgãos e tecidos: uma decisão que transforma vidas

O Hospital Pequeno Príncipe, que até agosto de 2022 realizou 183 transplantes de órgãos, reforça a importância do diálogo sobre o tema
26/09/2022

Voluntários celebram o brincar em retorno ao Pequeno Príncipe

Neste ano, o Dia do Voluntário Paranaense é cercado de ainda mais emoção, devido à retomada das atividades presenciais
23/09/2022

Setembro Amarelo: saiba como agir caso alguém busque apoio

Ser empático com os sentimentos da criança e do adolescente é muito importante, além de necessário encorajar a buscar um profissional especializado em saúde mental
22/09/2022

Acompanhamento médico é fundamental para saúde de adolescentes e jovens

De acordo com especialista, a assistência é importante nessa fase, pois facilita o acesso a informações corretas, incluindo a vacinação
Ver mais