Calor e umidade favorecem o aparecimento de insetos no verão - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Calor e umidade favorecem o aparecimento de insetos no verão

Picadas são mais frequentes nesta época do ano e podem gerar incômodos, principalmente nas crianças
16/01/2017

bee-914251_960_720O calor e a umidade em alta favorecem o desenvolvimento e a reprodução dos insetos. É por isso que, no verão, as abelhas, vespas, pernilongos e mosquitos são encontrados com maior frequência, e costumam tirar o sono de qualquer pessoa. As crianças merecem atenção especial, já que a maioria não sabe diferenciá-los e nem sempre reclama das picadas.

Apesar disso, a maior parte dos insetos não oferece perigo, apenas causam incômodos, vermelhidão, coceiras e inchaços. “Quando os meninos e meninas choram e reclamam, provavelmente foram picados por insetos que geram um efeito maior de reação, como as abelhas e vespas, ou algum tipo de formiga. As picadas de pernilongo e mosquitos não costumam ser identificadas no momento”, explica o pediatra do Hospital Pequeno Príncipe, Luiz Renato Valério.

????????????????????????????????????Nos dois casos, o importante é evitar coçar o local. “Assim, o veneno se espalha, gerando um incômodo ainda maior”, aponta o médico. Ter em mãos um vinagre e fazer uma compressa de gelo pode ajudar a aliviar a dor. As ferroadas, no entanto, exigem outros cuidados. “É necessário tirar o ferrão com uma pinça, evitando apertar a parte superior, para o veneno não ser espalhado em sua totalidade”, destaca Valério.

Outra medida que pode ser tomada, de acordo com o profissional, é derramar álcool na ferida. “Por ter um efeito antisséptico e evaporar com facilidade, o álcool pode aliviar a sensação no local. Não existe nenhum inconveniente no seu uso. Acompanhado da compressa de gelo, ele pode trazer resultados ainda mais favoráveis”, afirma.

+ Notícias

18/05/2024

Aumentam registros de violência contra crianças e adolescentes

Nas últimas duas décadas, foram mais de nove mil pacientes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe por maus-tratos; violência sexual predomina
17/05/2024

Pequeno Príncipe mobilizado pelo Rio Grande do Sul

Iniciativas vão desde teleconsultas a crianças e adolescentes em parceria com hospital gaúcho até mobilização de profissionais
15/05/2024

Como falar sobre as enchentes com as crianças?

Hospital Pequeno Príncipe destaca a importância de agir com sensibilidade e estar atento aos sinais de sofrimento manifestados pelos pequenos
13/05/2024

É normal a criança ter amigos imaginários?

A criação desses personagens é comum no desenvolvimento infantil, mas veja alguns sinais que indicam atenção a essa prática
09/05/2024

Ministra da Saúde visita área onde será o Pequeno Príncipe Norte

Nísia Trindade de Lima destacou a importância do projeto e da instituição para a saúde infantil do país
07/05/2024

Hospital se destaca em encontro internacional por ações ambientais

Instituição é a única entre as organizações de 12 países a ter um indicador em saúde ambiental 
Ver mais