Bernardinho, ex-técnico da seleção brasileira de vôlei, se encantou com trabalhos realizados pelo Pequeno Príncipe - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Bernardinho, ex-técnico da seleção brasileira de vôlei, se encantou com trabalhos realizados pelo Pequeno Príncipe

Visita à instituição busca estreitar laços entre o Instituto Compartilhar, fundado pelo ídolo do esporte, e o Hospital
11/08/2017
Preocupado com o bem-estar das crianças e adolescentes em todas as atividades que pratica, Bernardinho se emocionou com a visita ao Hospital Pequeno Príncipe.

Um dos mais queridos nomes do esporte brasileiro, Bernardinho visitou o Hospital Pequeno Príncipe no início desta semana. “Incrível. É um grande aprendizado de vida. A troca de um simples gesto faz toda a diferença, não só para os pacientes, mas para quem visita também”, comenta.

Responsável pelo Instituto Compartilhar, que tem a missão de garantir a crianças e adolescentes a oportunidade de praticarem esporte de uma forma divertida ao mesmo tempo em que aprendem valores essenciais para a sua formação, Bernardinho ressaltou a dedicação da equipe do Pequeno Príncipe e a importância da família no tratamento. “O trabalho é excepcional, assim como a atenção dos pais e dos familiares, que felizmente podem fazer parte desse processo”, avalia.

Importante nome do voleibol mundial, o ex-atleta quer estreitar os laços entre o Instituto Compartilhar e o Hospital. Por conta de sua dedicação e trajetória vitoriosa em prol da infância e da adolescência, Bernardinho recebeu da direção do Complexo Pequeno Príncipe a medalha que representa o 595.º gol de Pelé, feito com maestria na semifinal da Copa Libertadores de 1963. Naquele ano, o Rei jogava no Santos e a partida era contra o Botafogo, que perdeu de 4×0 para o time paulista. A medalha simboliza o terceiro gol de Pelé na partida.

Para José Álvaro da Silva Carneiro, diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe,  os 22 anos de atividades de Bernardinho no vôlei brasileiro e seus mais de 30 títulos conquistados servem de estímulo e incentivo às novas gerações. “Bernardinho fez história no esporte e agora se dedica a uma importante causa social, que muda a vida de crianças e adolescentes. É um profissional que tem sensibilidade para entender o que significa trabalhar com enorme grau de dificuldade, como acontece aqui no Pequeno Príncipe diariamente”, avalia.

+ Notícias

25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
24/11/2022

Pequeno Príncipe vence o Prêmio Líderes Regionais Paraná 2022

A instituição foi premiada na categoria ESG – Responsabilidade Social. O reconhecimento destaca empresas, organizações e empresários que contribuíram para o desenvolvimento do estado
23/11/2022

Câncer pediátrico: diagnóstico precoce pode salvar até 84% dos pacientes

Referência nacional no tratamento de doenças onco-hematológicas há meio século, Hospital Pequeno Príncipe alerta sobre sintomas
21/11/2022

Pequeno Príncipe atua na prevenção da resistência aos antimicrobianos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 1,3 milhão de pessoas morram a cada ano devido aos efeitos dessa resistência  
20/11/2022

Dia Mundial da Criança chama atenção à defesa de direitos

Em sua trajetória centenária, o Hospital Pequeno Príncipe desenvolve uma série de iniciativas em favor da proteção integral de meninos e meninas  
18/11/2022

Eletrofisiologia: Pequeno Príncipe é pioneiro em pediatria e mapeamento do coração em procedimento cirúrgico

O serviço também é referência no Brasil na realização de procedimentos invasivos e colocação de dispositivos eletrônicos no público infantojuvenil
Ver mais