Apresentação no Palácio Avenida encanta pacientes - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

    Apresentação no Palácio Avenida encanta pacientes

    Espetáculo "Vem sonhar com a gente" emociona as crianças
    17/12/2012


    O convite de ter um sábado diferente para quem estava internado em tratamento no Hospital Pequeno Príncipe surpreendeu alguns pacientes e pais. Eles foram convidados a assistir o espetáculo do Palácio Avenida no camarote do HSBC, no último sábado (15).

    A ansiedade antes do show tomou conta das 13 crianças que aguardavam na sala oferecida pela empresa, e a cada minuto perguntavam se já era hora de começar. Para Yasmin Samile, 7 anos, a espera era pra ver as crianças e o Papai Noel. “Não vejo a hora de começar”, dizia.

    Para Monalisa Dias da Silva, 13 anos, que estava há uma semana internada no Hospital, a expectativa era assistir um lindo espetáculo com muitas luzes e música. “Adorei ter esta oportunidade e o que mais me encantou foi ver no final os fogos e as luzes em cima do Palácio”, comentou Monalisa.

    Após a apresentação as crianças receberam a visita do Papai Noel no camarote e ficaram eufóricos com a surpresa. “Muito legal a visita, fiz vários pedidos de Natal”, disse Maria Natália. Os pacientes eram da Nefrologia, Hematologia, Transplante e Pediatria e foram acompanhados por uma equipe multiprofissional com médica e enfermeiras, além dos responsáveis e professores do Pequeno Príncipe.

    A apresentação do coral do Palácio Avenida reúne 120 crianças das casas de lares de Curitiba e Região Metropolitana. Neste ano eles se apresentam com o tema “Vem sonhar com a gente”.

    Depoimentos:
    “Não esperava este convite. Nunca tinha assistido e achei super legal”. Ketlen Micaela Andrade, 16 anos.

    “Foi um presente divino. Que sejam iluminados todos que proporcionaram este momento aos pacientes”. Adão Roque Carneiro, pai de Maria Natália, 9 anos, que realiza tratamento no Pequeno príncipe desde o seu nascimento. Foi a primeira vez que assistiu ao espetáculo.

    “Adorei quando eles mandavam as cartinhas para Jesus no balão. Foi uma surpresa muito legal”. Everton Lucas, 7 anos.

    + Notícias

    28/05/2024

    Como resgatar as brincadeiras tradicionais na era digital?

    Neste Dia Mundial do Brincar, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância de equilibrar o tempo de tela com atividades lúdicas
    26/05/2024

    Centro de Vacinas Pequeno Príncipe: 25 anos de excelência em saúde

    Inovação, atendimento integral, atualização contínua, compromisso e capacitação de profissionais marcam um quarto de século da unidade
    22/05/2024

    Qual é a importância do vínculo afetivo na Primeiríssima Infância?

    A ligação entre a criança e seus cuidadores se estabelece ainda na gravidez e se estende por um longo caminho após o nascimento
    18/05/2024

    Aumentam registros de violência contra crianças e adolescentes

    Nas últimas duas décadas, foram mais de nove mil pacientes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe por maus-tratos; violência sexual predomina
    17/05/2024

    Pequeno Príncipe mobilizado pelo Rio Grande do Sul

    Iniciativas vão desde teleconsultas a crianças e adolescentes em parceria com hospital gaúcho até mobilização de profissionais
    15/05/2024

    Como falar sobre as enchentes com as crianças?

    Hospital Pequeno Príncipe destaca a importância de agir com sensibilidade e estar atento aos sinais de sofrimento manifestados pelos pequenos
    Ver mais