Anjos de quatro patas trazem a magia do Natal ao Hospital Pequeno Príncipe - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Anjos de quatro patas trazem a magia do Natal ao Hospital Pequeno Príncipe

Parceria com a ONG Amigo Bicho possibilita que cães venham até a instituição para interação com as crianças e adolescentes atendidos nos ambulatórios
21/12/2018
Giovane Braz, 9 anos, de Guaíra, adorou a visita de Natal dos amiguinhos da ONG Amigo Bicho.

O Natal inspirou uma visita especial ao Hospital Pequeno Príncipe. Às vésperas da data, cães de diferentes raças e tamanhos vieram à instituição, no dia 17 de dezembro,  caracterizados e transformaram a rotina das crianças e adolescentes que passavam pelos ambulatórios, Praça do Bibinha e Jardim do Sonhos.

Como renas ou “noéis”, os cachorros, muitos deles resgatados pela organização não governamental Amigo Bicho, devidamente higienizados e bastante dóceis, conquistaram os pequenos e os adultos. “Esse encontro desperta nas crianças a afetividade. É muito grande a interação entre eles, que traz o desejo de brincar e compartilhar alegria”, fala a coordenadora do Setor de Voluntariado do Pequeno Príncipe, Rita Lous.

A ONG Amigo Bicho organiza visitas mensais ao Hospital Pequeno Príncipe.

Voluntária da ONG Amigo Bicho há quase uma década, Mariza Ayres destaca que a ação, realizada também em entidades como a Santa Casa de Misericórdia de Curitiba, Hospital Cajuru e Instituto Paranaense de Cegos, traz ânimo e amor a esses espaços. “É uma forma de esquecerem a dor, a rotina de tratamentos e medicamentos. Atitudes assim ajudam a semear o amor”, reitera.

Encantamento
Há mais de 60 dias no Pequeno Príncipe, Giovane Braz, 9 anos, de Guaíra, dividia a atenção entre os cachorros e a câmera fotográfica. “Tenho duas cachorras em minha casa. Gosto muito delas e estou com saudade. Os cachorros são brincalhões e amigos verdadeiros”, comenta.

Quem também não escondia a felicidade com a visita era Maria Eduarda dos Santos, 6, de Japira. “Eu tenho codornas, passarinhos e peixinhos, mas agora quero um cachorro. Ele pula na gente e dá para dar abraços”, empolga-se.

Maria Eduarda dos Santos, 6, de Japira, sonha em ter um cãozinho.

+ Notícias

25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
24/11/2022

Pequeno Príncipe vence o Prêmio Líderes Regionais Paraná 2022

A instituição foi premiada na categoria ESG – Responsabilidade Social. O reconhecimento destaca empresas, organizações e empresários que contribuíram para o desenvolvimento do estado
23/11/2022

Câncer pediátrico: diagnóstico precoce pode salvar até 84% dos pacientes

Referência nacional no tratamento de doenças onco-hematológicas há meio século, Hospital Pequeno Príncipe alerta sobre sintomas
21/11/2022

Pequeno Príncipe atua na prevenção da resistência aos antimicrobianos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 1,3 milhão de pessoas morram a cada ano devido aos efeitos dessa resistência  
20/11/2022

Dia Mundial da Criança chama atenção à defesa de direitos

Em sua trajetória centenária, o Hospital Pequeno Príncipe desenvolve uma série de iniciativas em favor da proteção integral de meninos e meninas  
18/11/2022

Eletrofisiologia: Pequeno Príncipe é pioneiro em pediatria e mapeamento do coração em procedimento cirúrgico

O serviço também é referência no Brasil na realização de procedimentos invasivos e colocação de dispositivos eletrônicos no público infantojuvenil
Ver mais