Acervo do Programa Gols pela Vida é apresentado em exposição - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Acervo do Programa Gols pela Vida é apresentado em exposição

Mostra pode ser visitada até 18 de julho e destaca itens que contam a história do projeto, além da trajetória de Pelé, padrinho do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe
01/07/2014

DSC_0004A energia positiva do futebol, a celebração do gol e a paixão nacional estão representadas em uma exposição em cartaz no Hospital Pequeno Príncipe. Itens do acervo do Programa Gols pela Vida podem ser vistos por pacientes, seus familiares e colaboradores da instituição até 18 de julho. A mostra está sendo realizada no saguão de entrada do Hospital na rua Desembargador Motta, número 1.070, ao lado da área de internamento. O público externo pode visitá-la de segunda-feira a sábado, das 9h às 18h.

Entre as atrações da exposição estão artigos esportivos, como chuteiras, camisas e bolas autografadas. Eles foram doados por diversos craques do futebol, como o meia Alex, ídolo da torcida do Coritiba; o goleiro Fernando Prass, do Palmeiras; e os atletas do Botafogo, Clarence Seedorf e o goleiro Jefferson (atualmente disputando a Copa do Mundo pela Seleção Brasileira). Além disso, há itens alusivos a várias edições da Copa do Mundo realizada pela FIFA, como os famosos álbuns de figurinha, revistas e LPs.

Também há objetos relacionados à carreira de Edson Arantes do Nascimento, o “rei do futebol”. Eles retratam momentos da trajetória do gênio dos gramados, que é padrinho do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe. Brinquedos, bonecos, chaveiros, pôsteres, livros e gibis foram especialmente selecionados para a exposição.

Para completar, há as medalhas do Programa Gols pela Vida, que foram criadas para eternizar os 1.283 gols marcados por Pelé em medalhas de ouro, prata e bronze. Destaque, ainda, para as moedas comemorativas à Copa do Mundo de 2014 no Brasil. Elas fazem referência ao mascote Fuleco, à Taça FIFA, às principais jogadas do futebol e às 12 cidades-sede do evento.

“A exposição conta, por meio de todos esses itens, a história do Programa Gols pela Vida e também de parte da vida profissional de Pelé, padrinho de nosso instituto. São itens valiosos pela história que carregam e que também poderão ser transformados futuramente em fonte de arrecadação de recursos para a instituição, a serem leiloados em eventos especiais realizados no Brasil e no exterior”, destaca o diretor-corporativo do Complexo Pequeno Príncipe e coordenador do programa, José Álvaro da Silva Carneiro.

Sobre o Instituto de Pesquisa
Durante a sua carreira, Pelé dedicou o seu milésimo gol às crianças de todo o mundo. Isso ocorreu na década de 1960. Anos mais tarde, em 2005, ele concretizou a sua preocupação com os pequenos ao apoiar uma importante causa: a da saúde infantojuvenil. Ele empresta seu nome e prestígio ao Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe, o único projeto social em todo o mundo que tem o eterno craque do futebol Pelé como padrinho.

O Instituto faz parte do Complexo Pequeno Príncipe, ao lado do Hospital Pequeno Príncipe e da Faculdades Pequeno Príncipe. Com uma estrutura que une profissionais altamente capacitados e tecnologia de ponta, são realizados estudos que buscam novos métodos de diagnóstico e tratamento que possam contribuir para melhorar a vida de crianças e adolescentes de todo o mundo e, consequentemente, para a diminuição da mortalidade infantojuvenil.

Atualmente, 17 pesquisadores desenvolvem cerca de 50 estudos em diferentes linhas de pesquisa, como doenças complexas e oncogenética; estudos epidemiológicos, clínicos e educacionais; medicina molecular e bioinformática; e neurociências.

+ Notícias

23/05/2022

Voluntários do Pequeno Príncipe retornam às atividades presenciais

A retomada foi possível com todos os cuidados que o momento de pandemia do coronavírus ainda exige
19/05/2022

Representantes do CEDCA visitam o Centro de Reabilitação e Convivência Pequeno Príncipe

A unidade, que foi reestruturada, atende a diferentes tipos de deficiências de forma integral e humanizada
18/05/2022

Em um ano, Hospital atende mais de 600 crianças e adolescentes vítimas de violência

Em comparação com o ano anterior, o aumento de casos foi de 11%; mais da metade das ocorrências aconteceu na residência da própria criança
17/05/2022

Pequeno Príncipe inicia campanha televisiva para captação de recursos

A iniciativa busca dar mais visibilidade para a causa da saúde infantojuvenil, além de contribuir para a sustentabilidade econômico-financeira da instituição
16/05/2022

Atualização do calendário vacinal pode prevenir casos de SRAG no público infantojuvenil

Diversas doenças respiratórias podem evoluir para a síndrome aguda grave. O Pequeno Príncipe alerta que as medidas de prevenção, como a imunização, precisam ser mantidas
15/05/2022

Sintomas da mucopolissacaridose aparecem na primeira infância

A doença rara é genética e neurodegenerativa, que evolui com sintomas multissistêmicos
Ver mais