Em Brasília, Hospital Pequeno Príncipe recebe Comenda Zilda Arns - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Em Brasília, Hospital Pequeno Príncipe recebe Comenda Zilda Arns

Em sua 1ª edição, a condecoração, concedida pelo Senado Federal, reconheceu 11 cidadãos e instituições que foram agraciados por conta do desenvolvimento de ações e atividades destinadas à proteção da criança e do adolescente
10/12/2019
O diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro, com o senador Flávio Arns (Rede-PR): reconhecimento de atividades em prol da infância e adolescência.
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Nesta terça-feira, dia 10, o Hospital Pequeno Príncipe recebeu, em Brasília, a Comenda Zilda Arns na Sessão de Premiações e Condecorações no Senado Federal. Em sua 1ª edição, a condecoração reconhece cidadãos ou instituições que desenvolvem ações e atividades destinadas à proteção da criança e do adolescente. O Pequeno Príncipe foi indicado pelo senador Flávio Arns.

Para a direção da instituição, é uma honra e alegria receber a homenagem que leva o nome da pediatra que iniciou sua carreira no maior hospital pediátrico do país, e que tanto fez pelas crianças e adolescentes de todo o Brasil e de várias partes do mundo. “No ano em que comemoramos 100 anos, este reconhecimento é mais um presente para as nossas equipes que se dedicam diariamente em prol da causa da saúde infantojuvenil. É com muito orgulho que temos a passagem da Zilda conosco”, destacou o diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro.

“É uma alegria poder homenagear este Hospital tão importante para o Paraná e para o Brasil. A entidade está há um século prestando serviços de saúde com muito amor às crianças, adolescentes e jovens do país inteiro”, afirmou o senador Flávio Arns.


Em sua 1ª edição, a Comenda Zilda Arns reconhece indivíduos e organizações que se destacam na área da proteção à criança e ao adolescente. Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
A trajetória de Zilda Arns no Pequeno Príncipe

Zilda Arns iniciou sua carreira no Pequeno Príncipe, em 1953, quando ainda era estudante   e voluntária nas enfermarias do Hospital de Crianças César Pernetta, acompanhando o Dr. Raul Carneiro Filho. A sanitarista permaneceu na instituição por 11 anos, durante a faculdade de Medicina e depois de formada. Nesse período, percebeu a necessidade de educar as mães para prevenir as doenças comuns na infância e reduzir a mortalidade infantil. Sua contribuição profissional ao Pequeno Príncipe foi fundamental.

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

+ Notícias

28/05/2024

Como resgatar as brincadeiras tradicionais na era digital?

Neste Dia Mundial do Brincar, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância de equilibrar o tempo de tela com atividades lúdicas
26/05/2024

Centro de Vacinas Pequeno Príncipe: 25 anos de excelência em saúde

Inovação, atendimento integral, atualização contínua, compromisso e capacitação de profissionais marcam um quarto de século da unidade
22/05/2024

Qual é a importância do vínculo afetivo na Primeiríssima Infância?

A ligação entre a criança e seus cuidadores se estabelece ainda na gravidez e se estende por um longo caminho após o nascimento
18/05/2024

Aumentam registros de violência contra crianças e adolescentes

Nas últimas duas décadas, foram mais de nove mil pacientes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe por maus-tratos; violência sexual predomina
17/05/2024

Pequeno Príncipe mobilizado pelo Rio Grande do Sul

Iniciativas vão desde teleconsultas a crianças e adolescentes em parceria com hospital gaúcho até mobilização de profissionais
15/05/2024

Como falar sobre as enchentes com as crianças?

Hospital Pequeno Príncipe destaca a importância de agir com sensibilidade e estar atento aos sinais de sofrimento manifestados pelos pequenos
Ver mais