Transposição das grandes artérias

Transposição das grandes artérias

O que é?

A transposição das grandes artérias ocorre quando as artérias principais do coração (aorta e pulmonar) trocaram de lado. Essa inversão causa efeitos graves, já que se criam duas circulações em paralelo, uma de cada lado do coração, e o sangue não se renova e não oxigena.

Essa doença ocorre quando o coração do bebê se desenvolve incorretamente no útero e é uma condição incompatível com a vida, já que todos os órgãos precisam de oxigênio para funcionar. Os bebês com essa condição precisam de tratamento cirúrgico emergencial, no nascimento.

Quando acontece?

A transposição das grandes artérias (TGA) é uma doença congênita (o bebê nasce com ela) e cianótica (que provoca cor azulada na pele). Não apresenta sopros e pode estar associada a outros defeitos cardíacos.Em média, 25% das crianças também terão defeito do septo ventricular.

Causas e fatores de risco

  • Histórico familiar
  • Diabetes
  • Outras causas desconhecidas

Sintomas possíveis

  • Cianose (pele, lábios e unhas azulados)
  • Respiração rápida
  • Problemas respiratórios
  • Frequência cardíaca rápida
  • Má alimentação
  • Suor durante a alimentação

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser feito no período fetal (ainda na barriga da mãe), no início da gravidez. A detecção do problema o quanto antes é importante porque são crianças que precisarão de cirurgia logo após o nascimento, até a segunda semana de vida.

Porém, quando a criança nasce, também pode ser diagnosticada pela cianose (tom azulado da pele) e pelo teste do coraçãozinho. O cardiologista pode fazer, ainda, outros testes para confirmar a doença, como oximetria de pulso, radiografia do tórax, eletrocardiograma, ecocardiograma e cateterismo cardíaco.

Tratamento

Todo bebê com transposição das grandes artérias precisa receber medicação na veia logo depois que nasce, para garantir que o canal arterial fique aberto. Isso porque, geralmente, é difícil saber se as outras comunicações terão tamanho suficiente para garantir a mistura adequada do sangue.

O recém-nascido com essa doença sempre precisa dos cuidados de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Além disso, todas as crianças com TGA precisarão de cirurgia para corrigi-la. Ela é chamada de troca arterial (cirurgia de Jatene). A artéria pulmonar e a aorta voltam às suas posições normais, e as artérias coronárias e os grandes vasos sanguíneos também são trocados.

Quando devo procurar o Hospital Pequeno Príncipe?

Durante a gravidez da mãe, nos exames do pré-natal, o médico pode identificar problemas na formação do coração, pelo ecocardiograma fetal. É importante procurar o quanto antes a assistência de um cardiologista pediátrico, para o tratamento adequado.

O Pequeno Príncipe tem experiência com a cirurgia de transposição das grandes artérias. O Hospital recebe crianças de várias regiões do Brasil com esse diagnóstico e oferece atendimento humanizado e com excelência. Também conta com uma UTI Neonatal e outra voltada exclusivamente para pacientes da Cardiologia.

Clique aqui e conheça os nossos especialistas.

Ver menos