Quais são os principais cuidados para evitar acidentes nas férias?

Notícias

Quais são os principais cuidados para evitar acidentes nas férias?

Confira algumas dicas para curtir o momento com segurança e ter apenas lembranças felizes em família  
16/12/2022
evitar acidentes nas férias piscina
Mesmo com boia e sabendo nadar, é imprescindível que um adulto supervisione a criança durante todo o período dentro da água para evitar acidentes nas férias.

Com as férias escolares e o clima da estação mais aguardada do ano, é preciso ficar atento a algumas orientações para garantir a saúde e a segurança dos pequenos. No verão, é comum que as famílias viajem e frequentem locais com água, seja mar ou piscina. Entretanto, o Hospital Pequeno Príncipe alerta que é necessária muita atenção. O afogamento está entre uma das principais causas de morte de crianças e adolescentes, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Apesar dos dados alarmantes, esse é um problema que pode ser evitado com medidas de prevenção, já que 89% dos casos são por falta de supervisão das vítimas, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). “É primordial que sempre que houver qualquer tipo de água perto de uma criança, seja piscina, rio, mar, pia, banheira ou bacia, ela seja supervisionada de forma ativa e constante o tempo todo por um adulto”, alerta o pediatra Luiz Renato Valério, do Hospital Pequeno Príncipe.

O especialista pontua também que não depende da quantidade de água para ser perigoso. “Uma piscina pequena, com uma profundidade de menos de 30 centímetros, parece inocente, mas não é. Se uma criança escorregar, bater a cabeça no fundo e entrar água no nariz, pode ter consequências graves”, salienta. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), bastam cinco centímetros de água para um bebê afogar-se, por exemplo. “As crianças são seres curiosos e destemidos, por isso todo cuidado é necessário”, completa o médico.

  • Confira, no vídeo a seguir, o que fazer diante de uma criança afogada:

evitar acidentes nas férias praia
Bastam cinco centímetros de água para um bebê afogar-se.

Outros cuidados para evitar acidentes nas férias

  • Planeje com antecedência. As viagens longas requerem paradas para hidratação, alimentação e entretenimento das crianças. É importante que as famílias não tenham pressa e se organizem para que o momento seja o mais tranquilo possível.
  • Transporte no carro com segurança. Utilize o equipamento de acordo com a faixa etária e peso da criança, como bebê-conforto, cadeirinha, assento de elevação e banco traseiro, seguindo recomendações do Conselho Nacional de Trânsito.
  • Passeie sempre de mãos dadas. Ao sair de casa, conduza a criança pela mão de forma segura para que ela não se solte e corra para locais perigosos. Além disso, não permita que a criança brinque em ambientes com circulação de veículos.
  • Garanta que a alimentação e a hidratação sejam adequadas. A tendência é oferecer comidas mais rápidas e sem muitos nutrientes, mas o ideal é planejar-se e alimentar-se com alimentos saudáveis. Dessa forma, evita-se o aparecimento de alergias, prisão de ventre, intoxicação alimentar, entre outros incômodos comuns nesta época.
  • Evite os riscos de acidentes dentro de casa. Intoxicações, quedas e queimaduras estão entre os principais acidentes domésticos registrados nas férias. Confira aqui as principais dicas para evitá-los.

Acompanhe os conteúdos também nas redes sociais do Pequeno Príncipe e fique por dentro de informações de qualidade – FacebookInstagramTwitterLinkedIn e YouTube

+ Notícias

13/07/2024

ECA: ampliação de leis fortalece proteção contra violência

Entre as atualizações, está a inclusão de bullying e cyberbullying no Código Penal. Neste Dia do ECA, o Hospital Pequeno Príncipe chama a atenção para dados alarmantes destes tipos de violências
10/07/2024

Por que é importante não reprimir o choro?

Hospital Pequeno Príncipe dá dicas de como criar um ambiente seguro e acolhedor para crianças e adolescentes expressarem as emoções
09/07/2024

Sessão de cinema diverte pacientes da hemodiálise

Crianças e adolescentes atendidos no Hospital Pequeno Príncipe saíram do espaço com o coração aquecido e memórias inesquecíveis
08/07/2024

Nota de solidariedade ao hospital pediátrico bombardeado em Kiev

Pequeno Príncipe manifesta a dor pela violência cometida contra pessoas inocentes, dentre elas crianças doentes e hospitalizadas
04/07/2024

Tratamento de efluentes: Hospital e Sanepar assinam parceria

Iniciativa pioneira no país vai testar diferentes maneiras de reduzir antibióticos e combater o surgimento de superbactérias no esgoto hospitalar
03/07/2024

Como o celular e as redes sociais afetam os adolescentes?

Hospital Pequeno Príncipe dá dicas sobre como promover a utilização equilibrada e responsável dessas tecnologias
Ver mais