Diarreia crônica - Hospital Pequeno Príncipe

Diarreia crônica

O que é?
Diarreia é uma alteração na consistência das fezes, as quais podem ficar líquidas ou amolecidas e podem vir acompanhadas de um aumento da frequência das evacuações. Diarreia aguda é uma condição comum na criança, com duração de poucos dias, e pode estar relacionada a infecções bacterianas, parasitárias ou virais. Em casos em que a diarreia tem um período prolongado, pode ser chamada de persistente ou crônica.

Quando acontece?
Diarreia crônica é definida por duração de 30 dias ou mais ou presença de três episódios de diarreias nos últimos três meses. Pode ocorrer por diversas razões (ver causas abaixo), em meninos e meninas e em qualquer faixa etária.

Causas

  • Parasitoses
  • Reações a medicamentos
  • Alergias alimentares
  • Intolerâncias alimentares
  • Doença celíaca
  • Síndrome do intestino irritável
  • Doenças inflamatórias intestinais (retocolite ulcerativa, doença de Crohn)
  • Alteração na microbiota intestinal
  • Insuficiência pancreática
  • Pós-operatório (ressecção intestinal, ausência de válvula ileocecal)
  • Genéticas (por exemplo, fibrose cística, cloridrorreia congênita)

Dica para os pais ou responsáveis: a diarreia prolongada pode significar que a criança tem alguma doença que precisa ser investigada. Converse com o médico da criança se os sintomas não desaparecerem em poucos dias.

Sintomas possíveis

  • Diarreia (líquida ou pastosa)
  • Dor abdominal
  • Distensão abdominal
  • Náusea
  • Fraqueza
  • Perda de peso ou dificuldade de ganho de peso
  • Necessidade urgente de evacuar
  • Febre
  • Fezes com sangue
  • Desidratação
  • Presença de gordura nas fezes

Diagnóstico
A identificação da doença começa pela percepção dos pais ou responsáveis. Uma análise detalhada do histórico médico e o exame físico realizado pelo pediatra irão orientar a escolha dos métodos diagnósticos.

Existem diversos exames para investigação da diarreia crônica, entre eles: exame de fezes, exame de sangue, endoscopia digestiva alta com biópsias, colonoscopia com biópsias, teste de hidrogênio no ar expirado, enterorressonância, teste de provocação oral, teste do suor.

Quando devo procurar o Hospital Pequeno Príncipe?
Uma das principais complicações da diarreia é a desidratação (boca seca, falta de lágrimas ao chorar, olhos fundos). Se notar esses sintomas, leve a criança à emergência do Hospital. Se o menino ou a menina tem diarreia sem sinais de alarme, converse com o pediatra para orientações. Crianças com diarreia crônica devem ser levadas para consulta com o gastroenterologista pediátrico, afinal esse é o profissional indicado nesses casos. Lembre-se de que a equipe do Hospital Pequeno Príncipe conta com excelentes especialistas em gastroenterologia pediátrica.

Tratamento
O tratamento da diarreia crônica deve ser individualizado de acordo com a causa. O especialista irá determinar o melhor tratamento, que pode variar desde orientações alimentares e alterações comportamentais ao uso de medicações.

Diferencial do Pequeno Príncipe
O Serviço de Gastroenterologia e Endoscopia Digestiva do Hospital Pequeno Príncipe conta com uma equipe de especialistas com amplo conhecimento e experiência em enfermidades gastrointestinais pediátricas. A instituição disponibiliza atendimento profissional, ético, humanizado e qualificado, além de infraestrutura e equipamentos adequados para o público infantojuvenil.

Conheça nossos especialistas

Ver menos