Tudo o que você precisa saber sobre a vacinação - Complexo Pequeno Príncipe

Tudo o que você precisa saber sobre a vacinação

Às vésperas do Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite para crianças de até 5 anos e também da Multivacinação para Atualização de Caderneta da Criança e do Adolescente (para meninas e meninos com até 15 anos), a sétima live do Hospital Pequeno Príncipe reforçou a importância das imunizações

As vacinas são um direito das crianças e adolescentes. O não acesso é um ato de negligência.

Em tempos de pandemia, imunizar é um ato de amor e salva vidas. Por conta disso e da necessidade de promover essa reflexão entre pais, responsáveis e cuidadores, a sétima live promovida pelo Hospital Pequeno Príncipe, com temas pertinentes à saúde infantojuvenil, foi “Vacinação: Tudo o que Você Precisa Saber”. O painel, realizado no dia 7 de outubro, trouxe orientações importantes sobre o assunto.

Transmitido pelo perfil do Hospital no Instagram, o bate-papo virtual, realizado a cada 14 dias, sempre às quartas-feiras, às 17 horas, contou com a presença da médica pediatra Heloisa Ihle Garcia Giamberardino, coordenadora do Serviço de Epidemiologia e Controle de Infecção Hospitalar da instituição e responsável pelo Centro de Vacinas Pequeno Príncipe. “As vacinas evitam a morte de 2 a 3 milhões de pessoas no mundo. A cada minuto, elas salvam de 5 a 10 vidas”, alertou.

Vale lembrar que neste sábado, 17 de outubro, é o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite para crianças de até 5 anos e também da Multivacinação para Atualização de Caderneta da Criança e do Adolescente (para meninas e meninos com até 15 anos). As ações, sob o comando do Ministério da Saúde, seguem até 30 de outubro. Infelizmente, até o momento os resultados estão abaixo do esperado.

Durante o painel, a médica lembrou que a imunização é uma das medidas de maior sucesso quando o assunto é saúde pública. “Isso em termos de custo/benefício e pela redução da mortalidade. Só perde para o tratamento de água”, orientou.

Heloisa Ihle Garcia Giamberardino lembrou ainda que o Programa Nacional de Imunizações (PNI) brasileiro é um dos mais bem-sucedidos do mundo e, portanto, a baixa cobertura vacinal verificada no país precisa ser revertida. “As vacinas, muitas vezes, são vítimas do seu próprio sucesso. O tempo passa, as pessoas esquecem das doenças e pensam que não existem mais. Por isso, é fundamental que os calendários vacinais sejam seguidos à risca”, declarou. Importante: a não vacinação de uma criança é uma negligência e pode comprometer a saúde de toda sociedade.

A médica pediatra Heloisa Ihle Garcia Giamberardino, coordenadora do Serviço de Epidemiologia e Controle de Infecção Hospitalar da instituição e responsável pelo Centro de Vacinas Pequeno Príncipe, comandou o painel.

Lives

Também participaram das lives o vice-diretor técnico do Pequeno Príncipe, o infectologista pediátrico Victor Horácio de Souza Costa Júnior, que esclareceu dúvidas importantes no painel “Retorno às Aulas e Pandemia – Quais as Perspectivas em Meio ao Cenário Atual?”, a médica imunologista pediátrica do Hospital Pequeno Príncipe e pesquisadora do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe, Carolina Prando, que abordou o tema “Seu Filho tem Infecções de Repetição?”,  o gastroenterologista pediátrico Mário Vieira, que falou sobre “Alergias Alimentares”, e a médica oncologista pediátrica do Pequeno Príncipe, Ana Paula Kuczynski, comandou o bate-papo sobre  “A Importância do Diagnóstico Precoce nos Casos de Câncer Infantil”.

No Setembro Amarelo, o painel “Prevenção ao Suicídio na Infância e Adolescência: Precisamos Falar Sobre Isso” trouxe importantes orientações da psicóloga Daniela Prestes. No fim do mês (23/9), o médico e chefe do Serviço de Otorrinolaringologia do Pequeno Príncipe, Lauro João Lobo Alcântara, discutiu os cuidados com o sono na infância e adolescência no bate-papo intitulado  “Ronco: Quando Levar Meu Filho ao Otorrino?”. Para saber a programação completa e conferir as edições anteriores, basta acompanhar as redes sociais da instituição.

+ Notícias

Faça sua doação