Fisioterapia

Todo o trabalho da Fisioterapia do HPP baseia-se na visão humanizada, com trabalho além de medidas curativas e inclui também o caráter preventivo e reabilitação.

O maior objetivo do atendimento fisioterápico no hospital é acelerar o processo de cura e conseqüentemente diminuir o tempo de internação.

A equipe é composta por profissionais fisioterapeutas que atuam nas unidades de terapia intensiva, em todos os postos de atendimento, inclusive na emergência, ambulatório geral e ambulatórios específicos.

Diante das inúmeras especialidades pediátricas no HPP, o desenvolvimento de trabalhos direcionados em ambulatórios específicos pode contar com a presença de um fisioterapeuta fazendo parte da equipe multidisciplinar, como acontece nos atendimentos de mielomeningocele, fibrose cística e bebê de risco, por exemplo.

fisioterapia

A Fisioterapia no Hospital Pequeno Príncipe teve início na década de 30, quando as ações eram desempenhadas por práticos, como eram denominados os membros da equipe. Registros contam que em 1938 já havia na instituição uma seção de Fisioterapia equipada com uma maca I.V. e ultravioleta.

Na década de 50, um surto de poliomielite assombrava a todos. Todas as crianças acometidas da doença eram internadas no Hospital Oswaldo Cruz e depois da alta clínica eram encaminhadas para o Hospital de Crianças (originário do HPP) para tratamento de reabilitação – as sessões de fisioterapia.

Essas sessões eram realizadas em uma pequena sala ao lado do Centro Cirúrgico e da Ortopedia, equipada com uma maca, rampa/escada, alguns equipamentos e inclusive um tanque com água aquecida. Além das crianças com poliomielite, o atendimento se estendia para alguns pacientes com paralisia cerebral.

Aos poucos, a Fisioterapia deixou de atuar quase exclusivamente com a ortopedia e passou a auxiliar atendimentos respiratórios. Na década de 70, houve o credenciamento da instituição para a residência médica, inclusive para o curso de Fisioterapia.

Programas especiais

Preocupados com a formação profissional, em 1990 o Serviço de Fisioterapia passou a oferecer para os profissionais fisioterapeutas um curso de aprimoramento de manuseio fisioterapêutico, com duração de seis meses, direcionado exclusivamente à criança. O curso aborda técnicas de avaliação, intervenção e tratamento pediátrico. O serviço também integra acadêmicos do 3º e 4º anos do curso de Fisioterapia da PUC/PR, que realizam estágio curricular supervisionado na instituição.

A equipe de fisioterapeutas possui uma integração direta com toda a equipe multidisciplinar, direção clínica e direção administrativa. O serviço, que faz parte de comissões de ensino, ética e metodologia, possui administração interna, estatuto próprio, regimento interno e controle de infecção hospitalar. Foi auditado pela ISO e está em plena conformidade com o Programa de Qualidade 5S desde 1997.

 

– SUS
Telefone:
(41) 3310-1278
Atendimento: Das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira
Endereço:Av. Silva Jardim, 1677

– Convênios e Particular
Telefone:
(41) 3310-1293 ou 3310-1355
Atendimento: Das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira
Endereço:A. Iguaçu, 1458
E-mail: fisioterapia@hpp.org.br

Fisioterapeuta responsável: Juliene Mansur Santos (CREFITO-PR 7004-F )

Faça sua doação