Endocrinologia

Informações

SUS

Telefone: (41) 3310-1289
Atendimento SUS: Das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira
Endereço: Av. Iguaçu, 1444

Convênios e Particular

Telefone: (41) 3310-1293 e 3310-1355
Atendimento: Das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira
Endereço: Av. Iguaçu, 1458

Médicas responsáveis:
Dra. Gabriela de Carvalho Kraemer (CRM-PR 14109)
Dra. Rosângela Roginski Réa (CRM-PR 8312)

 Equipe:
– Dr. Alexandre Menna Barreto Cordeiro
– Dra Eliane de Oliveira Rosa
– Dr Geraldo Miranda Graça Filho
– Dra Julienne Ângela Ramires de Carvalho
– Dra. Marcella Rabassi de Lima
– Dr Rodrigo Bruel da Silveira

 

A alimentação inadequada e a falta de exercícios físicos estão levando a população infantil a desenvolver problemas que eram comuns apenas em adultos. Obesidade, diabetes e doenças metabólicas, como o aumento nos níveis de triglicerídeos e colesterol, estão cada vez mais presentes na infância e juventude. Para acompanhar os pacientes que desenvolvem essas doenças, evitando as suas complicações, o Hospital Pequeno Príncipe oferece à comunidade o Serviço de Endocrinologia.

O serviço conta com especialistas no desenvolvimento infantil, que oferecem tratamento para crianças com baixa estatura, puberdade precoce, alterações do desenvolvimento sexual, doenças da tireóide e das glândulas adrenais. O serviço também atende pacientes portadores de doenças ósseas raras, como a osteogênese imperfeita, também conhecida como doença dos ossos de cristal.

Para os pacientes com diabetes e suas famílias, o Pequeno Príncipe tem um programa de educação continuada, com o objetivo de reforçar conceitos sobre a doença e seu tratamento, enfatizando a importânciada dieta alimentar e dos exercícios físicos. O programa, que também faz parte das atividades do serviço de Endocrinologia, leva às famílias orientações técnicas sobre a aplicação de insulina e o monitoramento da glicemia.

Para agendar uma consulta por meio de convênios ou particular, basta entrar em contato por meio do telefone (41) 3310-1293 e 3310-1355. Os pacientes do SUS precisam ser encaminhados por uma unidade básica de saúde da cidade de origem da criança ou adolescente – por meio das centrais de agendamento de consultas.

 

 

Faça sua doação