Jornada Internacional de Psiquiatria Infantil traz importantes desafios - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Jornada Internacional de Psiquiatria Infantil traz importantes desafios

Discussões emergenciais sobre a saúde mental fizeram parte do evento, que também celebrou a parceria entre o Hospital Pequeno Príncipe e a Universidade Columbia
07/09/2014
O médico Matco Bessa levou a experiência do HPP para a Jornada.
O médico Marco Bessa levou a experiência do HPP para a Jornada.

Um novo olhar sobre a saúde mental, no que diz respeito à infância e adolescência, foi o tema central da Jornada Internacional de Psiquiatria Infantil. O evento, realizado no dia 6 de setembro, sábado, reuniu profissionais das mais diversas áreas no Hotel Radisson, em Curitiba.

O encontro, uma realização da Associação Paranaense de Psiquiatria com o apoio do Hospital Pequeno Príncipe, contou com a participação de nomes relevantes na área. O médico Marco Antonio Bessa, chefe do Setor de Psiquiatria do Pequeno Príncipe, abriu os trabalhos com a palestra “Emergências Psiquiátricas em Pediatria”.  “Os transtornos psiquiátricos afetam em torno de 20% das crianças e provocam repercussões em todas as áreas de desenvolvimento, como estudos, vida social e familiar, além da vida profissional no futuro, muitas vezes incapacitando o jovem para o resto da vida”, fala o especialista, que salientou a desassistência verificada hoje na área como um fator preocupante.

Além de Bessa, três convidados especiais da Universidade Columbia, dos EUA, marcaram presença na Jornada. O médico e vice-diretor de Serviços Clínicos do Departamento de Psiquiatria da Universidade Columbia, Lourival Baptista Neto, trouxe para discussão o tema “Pediatria e Psiquiatria da Infância e Adolescência”. “É cada vez mais necessária e fundamental a integração do pediatra no trabalho de saúde mental”, comentou. O especialista lembrou ainda a importância da inclusão da saúde mental com maior destaque nas mudanças promovidas recentemente na área nos Estados Unidos.

Também da Universidade Columbia, Moira Rynn proferiu a palestra “Transtornos do Humor e Transtornos da Ansiedade”. Diretora da Unidade de Pesquisa em Psiquiatria Infantil e Adolescência da instituição norte-americana, a profissional descobriu ainda na adolescência o interesse pelos cuidados com crianças e adolescentes. “Ajudando-as desde cedo, seremos capazes de lhes garantir uma trajetória futura completamente diferente”, apontou.

A última apresentação do encontro ficou sob responsabilidade do psiquiatra Yiu Kee Warren Ng, também professor da Universidade Columbia. Coube a ele o painel intitulado “Jovens de Minorias Sexuais, a questão LGBT”. “É necessário reconhecer as importantes conquistas que o Brasil já alcançou no que diz respeito à causa LGBT”, elogiou.

A Jornada Internacional de Psiquiatria Infantil também celebrou a importante parceria firmada pela instituição com o HPP. O acordo assinado prevê, por exemplo, a promoção de estudos e treinamentos na área de psiquiatria infantil e da adolescência, o que inclui a possibilidade de intercâmbio de profissionais e a realização de pesquisas e seminários. “Nossa parceria não é apenas para a área da Psiquiatria, mas para todas as áreas que envolvam a saúde mental”, salientou Lourival Neto. Clique aqui e confira a reportagem completa sobre o assunto.

+ Notícias

02/12/2022

Mitos e verdades sobre convulsões

Distúrbio que provoca grande apreensão nos pais, as convulsões precisam de acompanhamento médico
29/11/2022

Dia de Doar: renúncia fiscal tem potencial de arrecadar até R$ 8 bilhões

Data criada há 20 anos nos Estados Unidos pretende fortalecer cultura de doações no Brasil. Doações via Imposto de Renda podem ser feitas até dia 29 de dezembro
25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
24/11/2022

Pequeno Príncipe vence o Prêmio Líderes Regionais Paraná 2022

A instituição foi premiada na categoria ESG – Responsabilidade Social. O reconhecimento destaca empresas, organizações e empresários que contribuíram para o desenvolvimento do estado
23/11/2022

Câncer pediátrico: diagnóstico precoce pode salvar até 84% dos pacientes

Referência nacional no tratamento de doenças onco-hematológicas há meio século, Hospital Pequeno Príncipe alerta sobre sintomas
21/11/2022

Pequeno Príncipe atua na prevenção da resistência aos antimicrobianos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 1,3 milhão de pessoas morram a cada ano devido aos efeitos dessa resistência  
Ver mais