Ronaldo realiza o sonho de uma paciente no Hospital Pequeno Príncipe - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Ronaldo realiza o sonho de uma paciente no Hospital Pequeno Príncipe

Fabiele Vitoria Fortes, 12 anos, esperou mais de um ano para conhecer o grande ídolo
22/04/2014

Selecionadas (1)Em tratamento no Hospital Pequeno Príncipe há quatro anos, Fabiele Vitoria Fortes, 12 anos, é uma corintiana típica. A jovem tem o uniforme completo, bandeira, caneca e ganhou até ovo de Páscoa do time do coração. O maior sonho da vida da menina era conhecer Ronaldo, que gentilmente atendeu ao apelo da garota. Antes da visita oficial na Arena da Baixada, o Fenômeno esteve no Hospital Pequeno Príncipe exclusivamente para conhecer Fabiele.

A agenda foi possível graças à generosidade de Ronaldo e da sua assessoria, bem como da assessoria da Copa do Mundo da FIFA 2014. Foram cerca de 20 minutos que valeram pela vida toda para Fabiele. Foi sem dúvida um momento mágico. “Eu tinha certeza que eu iria conhecê-lo, mas nunca imaginei que ele viesse aqui no Hospital para me ver”, falou toda emocionada depois da visita.

Ronaldo foi muito atencioso e carinhoso com a fã, cobriu a garota de beijos e abraços e deu autógrafos exclusivamente para ela, que sempre traz seu arsenal do Corinthians (faixas, bandeiras, camisetas, etc.) a cada internação. O Fenômeno ainda a aconselhou a comer direitinho para se recuperar e trocaram figurinhas sobre o quadro clínico dela. Ronaldo tem hipertireoidismo e Fabiele também faz tratamento para a doença.

Em janeiro de 2013, quando um projeto que se propõe a realizar sonhos esteve no Hospital Pequeno Príncipe, Fabiele disse que nada era mais importante do que conhecer o ídolo corintiano. Na época o encontro não deu certo, mas na tarde desta terça-feira, 22 de abril, o sonho foi concretizado.

Ronaldo marcou um belo gol fora de campo e, com certeza, fez toda a diferença na vida da garota Fabiele.

Bastidores da visita
Ronaldo ficou 20 minutos no Hospital Pequeno Príncipe, grande parte do tempo no quarto de Fabiele. Entre os objetos que autografou estava uma megabandeira do Corinthians, na qual o ex-jogador registrou uma dedicatória exclusiva: “Para a maior corintiana do Brasil, um grande beijo do amigo Ronaldo”.
Ronaldo pediu para ser amigo dela nas redes sociais. “Tem Instagram?”, perguntou ele. Ao receber a negativa, rapidamente emendou: “Tem que ter. Você aceita ser minha amiga no Face, então? Quero ver, tem que me aceitar lá”, disparou muito simpático e atencioso.

O eterno craque e Fabiele gravaram juntos uma mensagem para o zagueiro Paulo André, que estava no Shanghai Shenhua. Fabiele já tinha trocado vídeos com Paulo André e pedido para o jogador ajudá-la a conhecer o Fenômeno. “Obrigada, Paulo André, porque o Ronaldo veio”, agradeceu a garota. Ronaldo emendou: “eu vim aqui e estava contando para ela que a gente judiou muito de você no Corinthians. Abraços”.

Fabiele fez questão de contar para Ronaldo que sai em defesa dele. “Você não está gordo. Não gosto quando dizem que você está gordo, brigo com todo mundo”, falou ela.

+ Notícias

07/12/2022

5 dicas para manter uma alimentação saudável nas férias

O Hospital Pequeno Príncipe relembra a importância de cuidar de alguns hábitos nesta época do ano
06/12/2022

Espetáculo de Natal vai alterar o trânsito no entorno do Hospital

As apresentações do “Papai Noel na Sumiçolândia” acontecerão nos dias 9, 10 e 11 de dezembro, às 21h, na fachada histórica da instituição
05/12/2022

Serviço de Ortopedia do Pequeno Príncipe é referência em tratamento de doenças e síndromes complexas

Em 2021, o serviço realizou 17.249 procedimentos cirúrgicos, além de 13.040 consultas ambulatoriais
02/12/2022

Mitos e verdades sobre convulsões

Distúrbio que provoca grande apreensão nos pais, as convulsões precisam de acompanhamento médico
29/11/2022

Dia de Doar: renúncia fiscal tem potencial de arrecadar até R$ 8 bilhões

Data criada há 20 anos nos Estados Unidos pretende fortalecer cultura de doações no Brasil. Doações via Imposto de Renda podem ser feitas até dia 29 de dezembro
25/11/2022

Hemodinâmica: cateterismo evita cirurgias de grande porte em neonatos

O serviço do Hospital Pequeno Príncipe é referência nacional em pediatria e, em 2021, realizou 297 cateterismos
Ver mais