Projeto “Pipocas de Histórias – Teatro de Papel” desperta a criatividade dos pacientes por meio da contação de histórias - Hospital Pequeno Príncipe

Notícias

Projeto “Pipocas de Histórias – Teatro de Papel” desperta a criatividade dos pacientes por meio da contação de histórias

A iniciativa, que tem o Hospital Pequeno Príncipe como instituição beneficiada, utiliza materiais como origamis e papel machê
08/10/2018
A contação de histórias dá o tom ao projeto “Pipocas de Histórias – Teatro de Papel”.

Os dias no Hospital Pequeno Príncipe ficaram mais animados desde que o projeto “Pipocas de Histórias – Teatro de Papel” chegou ao Setor de Educação e Cultura (Educ). Viabilizada pela Lei Rouanet, a iniciativa promoverá 48 atividades especiais de contação de histórias durante o segundo semestre de 2018.

“Pipocas de Histórias – Teatro de Papel” traz um universo lúdico para os pacientes, pais, responsáveis e colaboradores do Pequeno Príncipe. Por meio de músicas, narrações e contações de fábulas e “causos” populares, o projeto provoca sorrisos e encanta os participantes. Com origamis, papel machê e outros papéis, as histórias foram se desenrolando e atraindo cada vez mais a atenção do público. Com uma linguagem visual muito atrativa, o cenário é composto por pinturas e estimula a interação das crianças.

Para a artista e contadora de histórias Adriana Havro da Silva, é sempre importante despertar o lado lúdico das crianças. “Nós buscamos um contato verdadeiro com as crianças. Mesmo que elas estejam internadas, estão sempre dispostas a brincar e é por isso que estamos aqui, para fazer com que esse riso floresça”, afirma.

Jhenifer Sauzen Richter, 8, ficou encantada com tudo que viu e relembrou um momento divertido de interação com os artistas. “Eu achei muito legal. Gostei muito de participar e, principalmente, da parte que falei que ele tinha cabeça de sapo e fez uma cara muito engraçada”, conta.

Joel Wendelino é pai de Jhenifer e participou de uma parte da história junto com a filha. “Achei bem legal, distrai bastante. É uma brincadeira construtiva”, afirma.

Origamis e papel machê, por exemplo, ajudam no desenvolvimento das atividades.

+ Notícias

12/08/2022

Vacinação contra a COVID-19 é fundamental para proteção de crianças de 3 a 5 anos

Especialista do Pequeno Príncipe, maior hospital exclusivamente pediátrico do Brasil, reforça pontos positivos para os responsáveis que adotam essa medida de prevenção
10/08/2022

“Nosso meio ambiente”: pacientes do Projeto Integra participam de ação ambiental

A iniciativa, realizada na sede que abrigará o Pequeno Príncipe Norte, proporcionou a experiência de explorar o vasto universo do ecossistema presente no local
08/08/2022

Colesterol pode ser prevenido com consumo de alimentos saudáveis

O Hospital Pequeno Príncipe ressalta a importância da adoção de bons hábitos para melhor qualidade de vida desde a infância
05/08/2022

Cirurgia de correção de malformação rara é realizada no Pequeno Príncipe

A reparação da extrofia de cloaca foi feita com a técnica de Kelley, considerada inovadora
04/08/2022

Cientistas estão desenvolvendo gel bucal para tratar mucosite

Principal reação adversa da quimioterapia, a mucosite oral causa intensa dor e pode ser porta de entrada para outras infecções
02/08/2022

Doenças raras é tema de mesa-redonda organizada pelo Pequeno Príncipe

A iniciativa fez parte da programação da 74.ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)
Ver mais