Paciente Nathan Francisco Rigo de Moura - Hospital Pequeno Príncipe

Paciente Nathan Francisco Rigo de Moura

“Somos de Cascavel, Paraná. Um dia o Nathan desmaiou na escola, foi quando iniciei a busca por tratamento. O caso do meu filho era grave, e o fígado dele estava inchado. Após exames, recebemos o diagnóstico de miocardiopatia dilatada [doença que afeta a função e o tamanho do coração]. E ali nossa luta começou. Estávamos em Foz do Iguaçu, e os médicos nos encaminharam para o Pequeno Príncipe. Fizemos novamente os exames, e nos informaram que meu filho precisaria de um transplante de coração. A situação era bem grave, e o Nathan entrou para a fila do transplante. No mesmo mês, a bênção do coração dele chegou. É uma vitória enorme. Se pudesse falar algo, seria: doe órgãos, incentive essa atitude, pois é para um bem maior. Não tenho palavras para expressar minha felicidade. Ver como ele está bem hoje recompensa tudo. Agora vamos ficar pelos próximos meses na Casa de Apoio, para que o meu filho tenha todo o suporte necessário. Todo o tratamento foi pelo SUS, e o atendimento da equipe do Pequeno Príncipe foi maravilhoso. Ser mãe do Nathan não tem explicação. É uma alegria enorme. Eu sempre falo: ele nasceu de novo. Agora meu filho tem disposição, e já percebemos a diferença. É uma alegria, um amor infinito. Para os outros pais que estão passando pela mesma situação, digo para terem muita fé e acreditarem nas palavras dos médicos. A minha solução veio, e a nossa felicidade chegou rápido. Eu nem estava esperando, e ele está transplantado, está bem.”

Liliam Paula Ferreira Rigo, mãe do paciente Nathan Francisco Rigo de Moura. O menino foi diagnosticado com miocardiopatia dilata e submetido ao transplante de coração no Pequeno Príncipe. Nathan foi atendido pelos serviços de Cardiologia e da UTI Cirúrgica da instituição, e a família contou com o suporte da Casa de Apoio do Hospital.

Ver menos