Paciente Emanuele Ribas Pereira - Hospital Pequeno Príncipe

Paciente Emanuele Ribas Pereira

“A Manu começou a ter muitas dores de cabeça. Após uns cinco meses, essa dor não passava e ela começou a reclamar com mais frequência. Então, levamos a minha filha à pediatra, que pediu uma tomografia. Ao pegarmos os resultados, já vimos que tinha um tumor no cérebro, no lado direito da cabeça. A própria médica encaminhou para a neurologista de Ponta Grossa e, como lá não havia uma UTI pediátrica, não tinha como fazerem a cirurgia para a retirada do tumor. Quando abriu uma vaga no Pequeno Príncipe, pedi para a Manu ser encaminhada ao Hospital. O médico Adriano Maeda conheceu e aceitou o caso; e, por fim, o procedimento para a retirada do tumor foi feito pelo neurocirurgião Carlos Mattozo, na cirurgia mais longa que ele já fez. E foi um sucesso, tanto que três dias depois a minha filha já teve alta. No Hospital há muitas coisas legais, como o pessoal da cultura, do voluntariado… A gente percebe que o Pequeno Príncipe quer o bem-estar das crianças. Sem contar as pessoas e histórias que a gente conhece. Eu vou levar para a vida.”

Priscila Bueno Ribas, mãe de Emanuele Ribas Pereira, de 10 anos, vindas de Castro, município localizado na região dos Campos Gerais, no Paraná. Para a retirada completa do tumor, foram necessárias 30 horas de cirurgia, sendo que o procedimento foi realizado em dois momentos, com uma semana de intervalo.

Ver menos