Complexo, Doe, Gols Pela Vida, Hospital, Instituto de Pesquisa

Verão e festas de fim de ano exigem cuidados especiais com as crianças

Às vésperas do Natal, com o período de recesso escolar e o início da temporada de praia e piscina, é preciso redobrar a vigilância com meninas e meninas para evitar acidentes

Os enfeites típicos das festas de fim de ano podem trazer riscos às crianças.

A chegada do verão marca o início das festas de fim de ano e da temporada de férias. Nesse período, é preciso redobrar a atenção com as crianças. A fase de recesso escolar realmente pede uma revisão geral dos hábitos diários em casa.

O médico pediatra do Hospital Pequeno Príncipe, Nilton Kiesel Filho, alerta para a necessidade de cuidado redobrado com as crianças nesse período

O médico pediatra Nilton Kiesel Filho, que atende no Hospital Pequeno Príncipe, lembra que meninos e meninas devem ser acompanhados o tempo todo. “É importante rever o espaço em que ficam medicamentos, produtos de limpeza e como são as rotinas na cozinha, que é um local rico em possibilidades de acidentes”, completa.

Às vésperas do Natal e do ano novo, é necessário ainda observar os riscos escondidos por trás das decorações típicas deste período. “Alguns enfeites podem ser engolidos pela criança e há ainda o risco de incêndio em alguns elementos usados para enfeitar as residências. É realmente preciso ficar bem atento a tudo”, completa.

Por serem dias mais quentes, o pediatra reforça ainda tópicos referentes à alimentação. “Alimentos não muito pesados e nem gordurosos são recomendados. É preciso cuidar da hidratação também, estimulando o consumo de líquidos, sobretudo de água”, observa Nilton Kiesel Filho, que também lembra do perigo da insolação no verão.

Fogos de artifício, bicicletas, patinetes, piscinas e o próprio mar exigem também supervisão rigorosa dos adultos. “Os acidentes acontecem mesmo e a prevenção é a melhor solução nessa época”, reitera o pediatra Nilton Kiesel Filho.

 

+ Notícias

Faça sua doação