Complexo, Gols Pela Vida, Hospital, Instituto de Pesquisa

São Paulo recebe o Fórum Internacional Gols Pela Vida

O evento, uma iniciativa do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe, traz à tona o papel do esporte como agente transformador e de formação das crianças e adolescentes

 

José Álvaro da Silva Carneiro entrega a Wilfried Lemke (ONU) a medalha que representa o gol 939 da carreira de Pelé.
José Álvaro da Silva Carneiro entrega a Wilfried Lemke (ONU) a medalha que representa o gol 939 da carreira de Pelé.

A primeira manhã de atividades do Fórum Internacional Gols Pela Vida – Responsabilidade Social no Esporte, em São Paulo, reuniu importantes autoridades e reforçou a importância das diferentes modalidades e iniciativas na área esportiva como agentes imprescindíveis para a formação dos jovens e a transformação da realidade em que vivem. O evento, realizado no Hotel Pestana, é um projeto do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe e segue até esta sexta-feira (24/10).

Wilfried Lemke, conselheiro do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, para Esporte, Desenvolvimento e Paz, trouxe para o evento uma reflexão bastante pertinente sobre o assunto. “É importante mostrar que o esporte tem o poder de quebrar todas as barreiras”, avalia.

Responsável pelo painel “Esporte para o Desenvolvimento e Paz. Esporte como Veículo para a Democratização da Educação de Meninos e Meninas. Esporte como Promotor da Saúde para os Indivíduos e a Sociedade”, Lemke mostrou experiências de superação em diferentes países e salientou o papel das atividades esportivas como aliadas na construção do futuro das novas gerações. “O esporte não tem o poder de barrar os tanques, mas temos o poder diário de construir pontes e juntar as pessoas para que se tornem melhores e assim termos um mundo melhor. Temos que acreditar no poder que temos de mudar nos pequenos gestos e fazer um mundo melhor”, completa.

IPP

José Álvaro da Silva Carneiro, diretor-corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, apresentou aos participantes detalhes do Programa Gols pela Vida e dos trabalhos do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe. “Esporte e saúde têm uma grande proximidade. O Pequeno Príncipe tem longa tradição de protagonismo e inovação, não apenas nos procedimentos clínicos, mas nos avanços sociais, inspirados pela energia da presença do Pelé”, diz.

Diversas autoridades marcaram presença no Fórum Internacional Gols Pela Vida – Responsabilidade Social no Esporte. O ministro do Esporte, José Aldo Rebelo, recuperou memórias da infância para reforçar a importância do assunto. “Meu sonho de menino não era ser prefeito, promotor, nem o menino mais rico, mas ser o dono da lateral direito do Comercial, o time da cidade. O esporte tem essa responsabilidade, em ser uma referência ética e construir uma base de valores, como da renúncia, sacrifício, dedicação, trabalho duro para alcançar seus objetivos”, comenta.

O deputado federal e ex-secretário de Esporte do Paraná, Evandro Roman, falou da satisfação de participar de um evento capitaneado pelo Complexo Pequeno Príncipe. “É um orgulho paranaense. Fizemos um trabalho no Paraná com ações voltadas como elemento de transformação social. O esporte para evitar a exploração sexual. Desenvolvemos muitos trabalhos em parceria com o Ministério do Esporte”, complementa.

 

Abertura contou com a participação de importantes autoridades. Abertura contou com a participação de importantes autoridades.
Abertura contou com a participação de importantes autoridades.

 

Serviço
Fórum Internacional Gols pela Vida – Responsabilidade Social no Esporte
Quando: 23 e 24 de outubro de 2014
Horário: 9h às 19h
Onde: Hotel Pestana – Rua Tutoia, 77, Jardim Paulista – São Paulo/SP

+ Notícias

Faça sua doação