Agencia_estado2

Complexo, Hospital

Ety Cristina Forte Carneiro é condecorada com a Ordem Estadual do Pinheiro

A diretora executiva do Hospital Pequeno Príncipe recebeu a maior honraria do Paraná por sua contribuição para o desenvolvimento do estado

Orlando Kissner/ANPr
Ety foi condecorada com a Ordem do Pinheiro no grau Grande Oficial.
Ety foi condecorada com a Ordem do Pinheiro no grau Grande Oficial.

Nesta sexta-feira, 19, a diretora executiva do Hospital Pequeno Príncipe Ety Cristina Forte Carneiro foi uma das personalidades condecoradas pelo governador Beto Richa com a Ordem Estadual do Pinheiro, a mais alta honraria do Paraná. O prêmio homenageou 45 empresários, artistas, cientistas, políticos e profissionais de diversos setores que se destacam em suas áreas de atuação para o desenvolvimento do estado. A cerimônia foi realizada em frente ao Palácio Iguaçu, em solenidade que também celebrou os 161 anos de emancipação política do estado do Paraná.

O prêmio homenageou 45 empresários, artistas, cientistas, políticos e profissionais de diversos setores que se destacam em suas áreas de atuação para o desenvolvimento do estado. “É uma honra receber essa premiação que é um reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo Pequeno Príncipe em 95 anos de atuação, uma história que conta com a dedicação da nossa presidente, que para minha felicidade é a minha mãe, Ety Gonçalves Forte. Em 48 anos, com muito trabalho e idealismo, ela transformou o Pequeno Príncipe no maior hospital pediátrico do país e referência em diversos serviços. Com certeza esse reconhecimento é para ela”, ressalta a diretora-executiva.

Esse é o terceiro ano seguido em que um profissional do Pequeno Príncipe recebe a honraria. Em 2013, a oncologista Edna Kakitani Carboni recebeu a honraria e, antes dela, em 2012, a também oncologista Flora Mitie Watanabe foi agraciada. A premiação levou em conta os trabalhos das médicas na promoção da saúde infantojuvenil.

Fotos: Orlando Kissner/ANPr

Sobre a Ordem do Pinheiro

A Ordem do Pinheiro foi instituída em 1972. A homenagem é atribuída em cinco graus: Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro. Os homenageados são escolhidos pela chefia da Casa Militar, Casa Civil, Chefia de Gabinete do Governador e Secretaria da Cultura, por prestarem relevantes serviços, como na administração pública, nos negócios, na justiça, no esporte, na ciência, na medicina, na história, na religião ou na comunicação.

+ Notícias

Faça sua doação