Dados alarmantes

Somente em 2020, o Hospital Pequeno Príncipe atendeu 554 crianças e adolescentes vítimas de violência, abusos ou negligência.

Dos atendimentos realizados no último ano, 82% aconteceram no ambiente doméstico ou na rede intrafamiliar; e, em relação ao tipo de agressão, 65,3% foram de violência sexual. Ao todo, 67,5% das vítimas eram meninas. De todas as crianças atendidas, 167 apresentaram lesões aparentes. Enquanto em 2019 duas crianças foram retiradas da família e encaminhadas a abrigos, em 2020 o número passou para oito.

A seguir, você pode consultar gráficos sobre os atendimentos relacionados à violência feitos em 2020 pelo Pequeno Príncipe. Para isso, clique na janela abaixo e selecione uma das opções disponíveis.

Placeholder for pie chart