Criando Laços

Pacientes produzem obras inspiradas no clássico “O Pequeno Príncipe”

As aventuras do princepezinho da obra de Antoine de Saint-Exupéry – que tem conquistado gerações de leitores e já foi traduzida para mais de 260 línguas e dialetos – são a fonte de inspiração para as crianças e os adolescentes internados no Hospital Pequeno Príncipe. Os pacientes têm participado de oficinas de artes plásticas que fazem parte do projeto cultural Criando Laços, que tem o clássico O Pequeno Príncipe como linha condutora e marca a participação da instituição nas comemorações dos 70 anos de lançamento do livro, propostas pela Succession Saint-Exupéry – d’Agay.

“A parte que mais gosto da história é quando o Pequeno Príncipe conhece o aviador. Eu ainda não li o livro, mas me deu vontade de ler”, afirmou Amanda Nowak Moreira, paciente de 11 anos, logo após uma das oficinas. Além dessas atividades, o projeto Criando Laços inclui outras ações que serão realizadas em um período de seis meses. Está programada uma intervenção externa no prédio do atendimento de emergência SUS do Hospital, tendo como base as obras produzidas pelos pacientes. Também ocorrerão duas exposições do resultado dos trabalhos feitos pelas crianças e pelos adolescentes: uma na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, e outra na Praça do Bibinha, localizada dentro do Pequeno Príncipe.

+ Projetos culturais

Faça sua doação