Campanha Pra Toda Vida

O Hospital Pequeno Príncipe é referência no atendimento de casos de suspeita de violência desde a década de 1970, quando os profissionais iniciaram o atendimento diferenciado às crianças que chegavam à instituição com lesões incompatíveis com as histórias relatadas por seus responsáveis. Desde então, desenvolve ações de mobilização e conscientização sobre o tema.

Em 2006, essas atividades foram formalizadas como parte da Campanha Pra Toda Vida – A Violência Não Pode Marcar o Futuro das Crianças e Adolescentes. Desde então, é realizada a mobilização da sociedade, feita a distribuição de manuais para profissionais das áreas da saúde e da educação, e organizadas campanhas para estimular a denúncia. Assim, a iniciativa procura contribuir com a redução dos casos de maus-tratos registrados no Brasil.

A Campanha Pra Toda Vida atua em três vertentes: a capacitação de profissionais da saúde e da educação para reconhecimento e denúncia dos casos de suspeita de violência; a orientação das próprias crianças sobre seus direitos e formas de autocuidado; e o incentivo à denúncia pelos diversos atores da sociedade.

Faça a diferença neste 18 de maio, Dia Nacional de Enfrentamento à Violência Contra Crianças e Adolescentes

 

Programa Proteger

 Desde 2007, o Hospital Pequeno Príncipe oferece acompanhamento psicológico para crianças e adolescentes vítimas de violência, também após a hospitalização. Os profissionais do Serviço de Psicologia da instituição fazem consultas periódicas a partir dos encaminhamentos realizados pelas equipes clínicas. Apenas em 2017, foram beneficiados 305 meninos e meninas, totalizando 978 atendimentos.