Pequeno Príncipe participa da Feira de ONGs do Grupo Ultra

O evento, realizado em São Paulo, aproximou os colaboradores da instituição de organizações já apoiadas pela empresa

Os produtos sociais do Pequeno Príncipe foram comercializados no evento do Grupo Ultra.

O Grupo Ultra, por meio do Instituto Ultra, realizou nos dias 27 e 28 de setembro uma Feira de ONGs na sua sede em São Paulo. O objetivo do evento era promover a aproximação entre os colaboradores e as instituições já apoiadas pela empresa, estimulando o engajamento e a prática da cidadania. “Queremos ajudar os nossos funcionários a descobrirem de que formas eles podem se engajar em práticas sociais. Seja comprando um produto social, como os do Hospital Pequeno Príncipe, fazendo uma doação ou tornando-se voluntário numa ONG que esteja localizada aqui em São Paulo. O importante é promover essa aproximação”, explicou a coordenadora do Instituto Ultra, Gabriela Gama de Magalhães Rives.

De acordo com Gabriela, o Grupo Ultra tem também a intenção de que seus colaboradores conheçam as organizações atualmente apoiadas pela empresa. O Hospital Pequeno Príncipe, por exemplo, recebe apoio da organização há cerca de uma década por meio de renúncia fiscal. “O apoio de empresas como o Grupo Ultra tem nos ajudado a escrever novos capítulos de uma história bem-sucedida no atendimento qualificado em saúde para meninos e meninas de todo o Brasil”, ressalta a diretora executiva do Hospital Pequeno Príncipe, Ety Cristina Forte Carneiro.

Aprovação

Os funcionários que passaram pela feira aprovaram a iniciativa. A analista de planejamento tributário, Mayara da Silva Xesquevixos, aproveitou o evento para conhecer as organizações participantes. “Adorei a iniciativa, pois muitas vezes é difícil a gente sair de casa exclusivamente para ir conhecer uma organização social. Quando a empresa traz essas ONGs para cá,  ela facilita esse contato e incentiva o nosso engajamento”, avaliou.

As colegas do setor de planejamento tributário Fabiana Rodrigues e Eliane Perteli também aproveitaram o horário de almoço para visitar a feira e comprar produtos sociais.  “Achei a iniciativa sensacional. É sempre bom ajudar. Eu me sinto muito bem, especialmente quando se trata de uma ONG que cuida de crianças”, destacou.

+ Parcerias

Faça sua doação