Nova_DSC_0026

Complexo, Hospital

Uma simples nota fiscal pode fazer a diferença em prol da saúde infantojuvenil

Contribuinte tem a opção de destinar 30% do ICMS para o Pequeno Príncipe. O dinheiro será utilizado para a compra de materiais e medicamentos não custeados pelo Sistema Único de Saúde

 

Qualquer consumidor pode destinar 30% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), pago pelos estabelecimentos comerciais, a instituições filantrópicas como o Hospital Pequeno Príncipe. A doação é possível graças ao programa Nota Paraná – uma iniciativa de estímulo à cidadania fiscal no Estado, que tem por objetivo sensibilizar os consumidores para que exijam a entrega do comprovante de aquisição de compras ou serviços.

Para contribuir, o consumidor deve solicitar o documento fiscal sem informar o CPF. Posteriormente, ele precisa registrar o comprovante no sistema do Nota Paraná (www.notaparana.pr.gov.br) e fazer a escolha pela entidade beneficiada (Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro, mantenedora do Pequeno Príncipe). Outra opção é depositar o documento em uma das cem urnas disponibilizadas pelo Hospital em estabelecimentos parceiros.

De acordo com a diretora executiva do Hospital, Ety Cristina Forte Carneiro, o dinheiro arrecadado com as notas será usado para a compra de materiais e medicamentos não custeados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Esse é um recurso difícil de captar, por isso é tão importante. Nós somos extremamente gratos à comunidade por confiar no nosso trabalho e na nossa missão de promover a saúde infantojuvenil”, aponta a diretora.

+ Notícias

Faça sua doação