destaque

Complexo, Hospital

Um alerta necessário no Dia da Conscientização da Cardiopatia Congênita

A doença afeta aproximadamente oito a cada mil bebês no Brasil, e é responsável por cerca de 50% das mortes de recém-nascidos

destaque
Por conta do Dia dos Namorados, o 12 de junho também foi escolhido para lembrar um assunto que merece atenção mais que especial. A data também é reconhecida como o Dia da Conscientização da Cardiopatia Congênita. A doença afeta aproximadamente oito a cada mil bebês no Brasil, e é responsável por cerca de 50% das mortes de recém-nascidos.

O Hospital Pequeno Príncipe apoia a Associação Paranaense de Crianças Cardiopatas Coração de Leão (APCL), que promove diversas ações de conscientização em torno do tema. Com o objetivo de chamar a atenção das pessoas para a patologia, a estufa do Jardim Botânico – um dos cartões-postais de Curitiba – será iluminada à noite nas cores vermelha e azul, que simbolizam a circulação arterial e venosa.

Além disso, uma parceria especial da APCL com os estabelecimentos Espetinho do Zé e as pizzarias Babbo Giovanni, Dom Castro e River vai permitir que o folder da campanha seja distribuído para os clientes destas lojas.

A doença

Cardiopatias congênitas são anormalidades na estrutura ou na função do coração, que surgem nas primeiras oito semanas de gestação, quando o órgão se desenvolve. Apesar das causas exatas da doença serem desconhecidas, algumas medidas de prevenção podem ser feitas para reduzir seu risco. A realização do pré-natal e acompanhamento regular de um pediatra nos primeiros anos de vida pode ajudar no diagnóstico e tratamento dessa doença.

Confira mais informações no folder da campanha:

Folder

folder_2

 

 

+ Notícias

Faça sua doação