DSC_0191

Complexo, Hospital

Teatro anima a tarde de crianças do Hospital Pequeno Príncipe

A iniciativa, que partiu da Academia de Artes Cênicas Cena Hum, provocou sorrisos e expressões de alegria na plateia

Meninos e meninas do DSC_0091Hospital Pequeno Príncipe puderam esquecer por um momento que estavam internados e assistir a peça de teatro “História Estranha”, da Academia de Artes Cênicas Cena Hum. A mensagem da tarde desta sexta-feira, dia 28, foi simples, porém eficaz: cada um é o autor da sua própria vida.

O espetáculo contou a história de uma menina chamada Maria, que divagava pelo mundo em busca da felicidade, na realização de um sonho que ela ainda não sabia qual era. No meio de sua jornada, Maria conheceu pessoas que a ajudaram a descobrir que para todas as coisas da vida um importante sentimento é necessário: o amor. O espetáculo foi dirigido por Kaio Bergamin e teve como interpretes alunos do segundo semestre do Curso de Formação de Atores, do Cena Hum.

A atriz Luiza Barreto, que fez o papel de Maria, falou sobre como a experiência de atuar é transformadora para o ator e para o espectador. “É um momento muito legal, que traz alegria para o dia a dia dessas crianças, que infelizmente estão no hospital. É uma honra para nós estarmos aqui e dividirmos nossa arte”, ressaltou.

A recepção da plateia foi calorosa. Diante de sorrisos e expressões de alegria, as crianças do Pequeno Príncipe escolheram seus personagens preferidos da história e também tiraram fotos com os atores. Gabrieli Santos, de cinco anos, já sabe de quem mais gostou. “Eu adorei tudo, mas preferi aquela que era toda branca, a lua, sabe?”, contou.

+ Notícias

Faça sua doação