DSC_0018

Projeto cultural traz música ao Pequeno Príncipe

“Concertos Gols Pela Vida” tem como objetivo democratizar o acesso à arte e à cultura

DSC_0015O som do jazz, blues e ragtime tomou conta do Hospital Pequeno Príncipe na manhã desta segunda-feira (15). Uma ação do projeto “Concertos Gols Pela Vida”, realizado pela CGC-CSA Consultoria e Assessoria, que tem a instituição como beneficiária, trouxe o grupo musical “Jelly Roll” para compartilhar arte e cultura com pacientes, familiares e colaboradores.

Formado por Rodrigo Nickel (saxofone), Bruno Sucheck (guitarra), Leo Vik (baixo) e Thiago Golin (bateria), os artistas contaram um pouco da história da música norte-americana com versões elétricas exclusivas do jazz de New Orleans e do blues de Chicago.  “É um prazer estar aqui no Pequeno Príncipe trazendo música. Ela que faz bem e revigora qualquer um. Nada melhor do que começar uma segunda-feira assim”, diz o saxofonista.

DSC_0032Vera Lúcia Portela, mãe da paciente Natasha Portela – de 5 anos –, ficou emocionada ao ver os músicos. “Eu cheguei aqui e chorei, porque fazia tempo que não via a minha filha tão animada assim. Da porta do hospital, ela disse: ‘Vamos entrar que hoje eu quero dançar’”, conta. A mãe ainda reitera: “É muito importante que as crianças conheçam estilos variados de música. A vida é muito curta para ficarmos numa coisa só.”

“Concertos Gols Pela Vida”

O projeto conta com apresentações mensais de 12 grupos musicais paranaenses na Praça do Bibinha, espaço de eventos do Pequeno Príncipe. Também estão previstos dois grandes concertos da Orquestra Sinfonia Brasil, regida pelo maestro Norton Morozowicz, que terão toda a renda revertida ao Hospital.

Viabilizado pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, o projeto tem como patrocinadoras as seguintes empresas: Lonza/Arch Química, DHL, Peróxidos do Brasil, Castellar Engenharia, Bauminas, Dacar Química, Gonvarri, Fitaper, Grupo Veper, Eletrofrio, Sideral Air Cargo, Electra Energy, Grupo Omni, Metisa, Distribuidora Nova Geração, Stand By Rent a Car, Buhler e Isogama.

+ Notícias

Faça sua doação