DSC_0065

Hospital

Projeto “Pipocas de Histórias” traz novos sabores ao Hospital Pequeno Príncipe

Atividades de contação de histórias com performances cênicas vão mudar a rotina dos pacientes, acompanhantes e colaboradores da instituição nos próximos meses

DSC_0001

Uma ação mais que especial tomou conta do Hospital Pequeno Príncipe nesta quarta-feira, dia 24. Com o intuito de aguçar a imaginação do público, teve início o projeto “Pipocas de Histórias – Novos Sabores”, que vai trazer – durante seis meses – performances cênicas de contação de histórias aos pacientes, familiares e colaboradores da instituição.

Nem mesmo o friozinho fora de época foi capaz de inibir as crianças e adolescentes, que se renderam à visita de dois artistas do grupo teatral Malasartes Educação Sensível. A dupla passou por quartos, ambulatórios, corredores e, por fim, estacionou o carrinho ambulante de pipoca no setor de Educação e Cultura do Hospital. O resultado foi uma troca divertida de experiências, olhares curiosos, sorrisos e muito amor.

DSC_0073

Com o intuito de aguçar a imaginação do público, os artistas utilizaram linguagens cênicas temperadas com desafios, parlendas, adivinhas e trava-línguas. “Essa atividade nos dá a possibilidade de transformar e mudar. Afinal, as coisas estão, mas não são. A gente acredita que a situação que as crianças estão hoje, não será assim para sempre”, destacou o artista Érico Taciano Viensci.

Além de contribuir para a democratização do acesso à arte e à cultura, o projeto “Pipocas de Histórias” proporciona alegria às crianças em um momento delicado como o da hospitalização. “Criança é sempre criança, em qualquer lugar. O contexto em que ela se encontra, faz com que ela se esqueça disso. Por isso, a gente quer que a alegria pipoque e venha à tona. Que o calor das brincadeiras aqueça os corações. Queremos proporcionar uma panela de possibilidades e potencialidades”, pontuou a artista Adriana Havro da Silva.

Paciente_Victor_Hugo_Carvalho (3)

As apresentações têm como repertório histórias populares da tradição oral de vários países, selecionadas com o intuito de sensibilizar crianças, jovens, educadores, familiares e colaboradores da instituição. Nos quartos, os artistas envolveram os pacientes, dançaram com as mães e tornaram o clima do Hospital muito mais alegre. “Foi muito bom, eu gostei de tudinho. Essas coisas animam o dia”, disse o paciente Victor Hugo Carvalho, de seis anos.

Sobre o projeto “Pipocas de Histórias – Novos Sabores”

Ao longo dos próximos seis meses, 48 performances cênicas de contação de histórias vão acontecer em diferentes espaços do Hospital Pequeno Príncipe, todas as quartas-feiras. Viabilizado pelo Ministério da Cultura por meio da Lei Rouanet, o projeto “Pipocas de Histórias – Novos Sabores” tem como proponente Elza Forte da Silva Carneiro. Os patrocinadores são as empresas ExxonMobil, Mili, Eletrofrio, Vaccinar, Zen Indústria Metalúrgica, Marelli Móveis, Westaflex, Bundy Refrigeração, Indumak, Candon Ativos para Alimentos, Gemü Vávulas, Artely Móveis, Boulos e Asteróide Filmes.

+ Notícias

Faça sua doação